sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Resposta

Caro Queijeiro.

Juntando minha experiência como cirurgião dentista e de ex-fabricante de queijos vou tentar solucionar suas "inteligentíssimas" dúvidas.

Primeiramente 69 é, na minha opinião, a melhor posição sexual. Praticada desde da época de Roma conquistou vários adéptos pelo mundo todo, principalmente na área odontológica. Lembro-me que na faculdade havia a festa "Limpa tudo com 69". Acontece que nesta posição há uma grande troca de lubrificantes, tanto salivares como genitais, isto promove uma limpeza espetacular nos dentes, mucosas e lingua; evitando doenças como cárie e gengivite.

O "queijinho" na perereca da menina não é tão maléfico como dos meninos. O "queijinho" da menina tem mais substancias naturais como uréia e progesterona. Já o "queijinho" masculino pode conter fungos, devido a má higienização genital dos homens.
* meninos costumam ser mais porcos.

Na lingua grega esmegma significa esperma. Se sua tia disse isto talvez descobriu que você tem feito boquete freguentemente.

Espero ter respondido

grande abraço

Dr. Glauco Viana
mais que um dentista, um amigo... e eterno queijeiro

Tirando as dúvidas dentifrícias com o Dr Glauco - II

Prezado, experiente e capaz Dr Glauco,

Tenho muitas dúvidas dentifrícias e necessito de sua ajuda:

1- Faz mal para a boca da gente praticar o maravilhoso 69?

2- Se encontarmos aquele "queijinho" na perereca da menina, podemos comê-lo?

3- Faz mal pra menina comer o "queijinho" do menino?

4- Faz mal pra gente comer o nosso próprio "queijinho"?

5- Minha tia, dia desses, me falou que eu estava fedendo igual esmegma! Que diabo é isso?


Prezado Dr Glauco, conto com a sabedoria de quem, com certeza já enfrentou problemas semelhantes em sua larga experiência com queijos.

Obrigado e até breve,

Catraca 1001, o queijeiro.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Sei lá!

Não sei o quanto um indivíduo pode suportar tamanha indignação. Tem gente que acha que somos trouxas. Será que somos? Tenho certeza que a conspiração pelo poder absoluto está por definhar nas entranhas das barbas dos séculos que virão. Acabaremos por entender que o tempo que hoje passa, com certeza, amanhã será ontem! Não só seremos lembrados como um bando de símios, pré-históricos, trogloditas, mas como seres que conseguiram, com a nobreza da falta de inteligência, ou seja, da mais pura ignorância, extinguir-se, proleteariar-se, consumir-se, diluir-se, meter-se, amar-se, gozar-se, usar-se demasiadamente do infinitvo para "poder-se" expressar!

Saudade do Zoro!

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

PROGRAMA DO LÉO - Entrevista com Alexandra

Música de Abertura: “Depende de nós”
Léo: É com grande prazer que voltamos em mais um programa depois de uma longa ausência. Quero desculpar-me pela ausência que se deu pelo fato de estar viajando ao Canadá. Como vocês sabem além de apresentador, escritor, bebum, ex-bissexual, fumante e grande adorador do Ventania de São Tomé das Letras; também exerço a Farmacologia, e por isto afastei-me do programa. Graças a Deus voltei e para abrilhantar com chave de ouro, “O programa do Léo” traz nada menos, nada mais que a internacional Alexandra do Acássio da Manzuca É Doce Mais Não é Mole Não, Irmã da Ciomara Alice No País Da Maravilha, do Marquinho Malucão, do Tili Sativa e do Páris que defeca no pneu do carro toda vez que transa.
.....Aplausos.....Everibari de aplausos....De buk on de taibol de aplausos

Léo: Grande e carnuda Alexandra, como está garotinha?
Alexandra: Cara, muito louco, muito bem. Muito bem mesmo, estou muito feliz em voltar ao Brasil. Londres é maravilhoso, mas o calor do povo brasileiro é indiscutível... E de calor você sabe que entendo. (Risos, muitos risos)
Léo: Nossa Alê, que animação. Conta para nós o que traz de bom de Londres.
Alê: Puts cara, trago nada... Sou pobre, mais sou limpinha.
Léo: Você não entendeu Alê. Digo o que esta viagem acrescentou a sua pessoa.
Alê: Eu sei, era brincadeirinha. Cara, a experiência foi muito boa, até casei por lá.
Léo: Ficamos sabendo. Conta como foi isto.
Alê: Casei-me com um eslováquio. É meu amorzinho. Estou tão apaixonada. Ele é uma gracinha, faz tudo para mim.
Na verdade nosso encontro foi muito engraçado. Eu trabalhava num bar como bargirl e ele chegou pedindo uma bebida. Perguntei a ele qual bebida e ele disse que queria uma bebida diferente e forte. Como não fui com a cara do sujeito e tendo uma larga experiência com bebidas falsificadas, ofereci uma vodka ruim, tipo aquelas que eu e a Katiany vendia nas nossas festas em Conceição dos Ouros. Cara! Foi fatal, o cara dançou a noite inteira e até arrancou a roupa.
Léo: Nossa Alê, que mal!
Alê: Mal nada Léo...Foi ai que me apaixonei. Ele tem uma tatuagem de um golfinho bem na virilha, e eu me apaixonei pelo golfinho dele.
Léo: Puts Alê, que história.
Alê: Você não ouviu nada. Naquela noite tive muito trabalho e sai muito tarde do bar. Quando estava indo embora o eslováquio estava estirado numa calçada totalmente bêbado e vomitado. Consegui levantá-lo e levei-o para casa. No dia seguinte ao acordar a primeira coisa que vejo foi o golfinho do cara....Aí filho, não preciso falar mais nada. (risos)
Léo: Mas Alê, um cara com uma tatuagem de golfinho na virilha não é esquecido?
Alê: Também achei, mas quando o golfinho virou tubarão toda minha dúvida foi embora. (mais risos)
Léo: hehhehehehehheheh....hahahahhahahahahha
Mudando um pouco de assunto e ficando no mesmo. O que você acha que mais chamou atenção em você para seu marido?
Alê: é uma pergunta particular, mas conhecendo a Eslováquia posso te explicar.
Léo: Como assim?
Alê: Acontece que na Eslováquia existe um grande número de gays, e os poucos homens que tem lá saem do país para casarem.
Léo: Nossa Alê. Que papo estranho.
Alê: Pode até ser estranho, mas é real. Como diz a história Eslováquia e República Theca era a antiga Thecolosváquia e depois da separação os Eslováquios começaram a odiar a “theca”. É ai que entro. Meu amorzinho conheceu minha “theca” e se apaixonou.......................Puts, se minha mãe ouvir isto to fudida!!!!
Léo: Realmente você tem história garota. Mudando de assunto: que papo é este do convite de ser candidata a vice-prefeita da Vera do Neto?
Alê: Então Léo, este convite chegou como surpresa e vou aceitar sim. Acho que levo jeito para política, pois como você sabe “eu sou do povu!”
Léo: Vocês têm algum plano de governo?
Alê: Na verdade entrarei como vice para puchar mais voto, pois isto minha popularidade me permite. Se formos eleitas ficarei atuando na área de turismo da cidade.
Léo: Você já tem alguma novidade para gente?
Alê: Primeiramente inauguraremos “A casa da Theca”. Será uma instituição com fins turísticos.
Léo: Como assim? Instituição turística?
Alê: Isto mesmo. Nesta casa trabalhará apenas mulheres que estão encalhadas. É a primeira instituição mundial que trata deste assunto. Estas mulheres sofrem de uma síndrome muito desconhecida, chamada de SFP (Síndrome da Falta de Pênis). Vocês podem rir, mas o assunto é sério. Cidades pequenas como Conceição dos Ouros não investem neste tipo de paciente.
Léo: (risos, vários risos) Tudo bem Alexandra, mas ainda não entendi porque será um empreendimento turístico.
Alê: Além de todo trabalho social, psicológico e físico as pacientes com SFP terão encontros marcados com vários homens que sofrem da SFV (Síndrome da Falta de Varginha). Ouros será o local de encontros nacional e até mundial deste tipo de diversão.
Léo: Mas Alê, como é uma idéia nova há a necessidade de ter uma equipe bem qualificada para prosseguir com este projeto.
Alê: Tudo está esquematizado. Temos uma equipe que entende do assunto. Na área de incentivo ao casamento temos a presença de mulheres que ninguém imaginava que iria casar um dia como minha irmã Ciomara, Katiny Nazaré e Ana Paula do Tatão. Na parte de cosmético temos a Neusa do Boca; já para trabalhar o espiritual das pacientes entrará em ação minha mãe e Dona Lucinda, elas organizarão uma oficina de oração direcionada para mulheres mal amadas. Temos também a Tereza do Pedro que cuidará do visual das pacientes; a Zi, com a parte psicológica e a Marisa da Zenaide com programas sociais para socialização das pacientes com SFP.
Léo: Parece que a idéia realmente é séria. Mas você e Dona Vera só têm este projeto.
Alê: De forma alguma, acontece que esta instituição é um velho sonho meu, quando começo a falar me empolgo. Esta é minha prioridade, mas o partido ainda tem o projeto da piscina econômica.
Léo: Piscina econômica? Como assim? O que é isto?
Alê: Ouros sofreu um grande furo no PIB municipal devido ao alto consumo de cerveja, ou seja, as pessoas deixaram de pagar contas até mesmo de IPTU para ficar enchendo a cara nos bares da cidade. Nosso projeto consiste em construir uma piscina de cerveja na praça. Isto alegraria muita gente.
Léo: Você só pode estar brincando. Isto é um absurdo.
Alê: A proposta é audaciosa e pode ser interpretada da maneira errada, que não condiz com a realidade. Mas devemos ter em mente que estamos falando da cidade que mais consome cerveja em Minas Gerais. Além da piscina, haverá um pronto atendimento nos arredores dela que consiste em médicos, enfermeiros, ambulâncias.... Isto evitaria que bêbados pegasse o carro ou chegasse em casa e espancasse a mulher ou os filhos.
Léo: Realmente você chegou de Londres com a força total.
Alê: Não querido, esta idéia não é minha não. É da equipe da nossa campanha “ Vera e Alê, Brigar por quê?”
Léo: Como assim?
Alê: Este é nosso slogan: “Vera e Alê, brigar por quê?”. Queremos acabar com as rinchas que elegem a política de Ouros como umas das mais sujas do país. Queremos mostrar amor, união e paz... (mas sem fazer piadinha com a palavra paz, tipo povo ama sei lá quem...)
Léo: Olha acho que até eu vou votar em vocês.
Alê: Contaremos sim com seu voto.
Léo: Você já que está tão bem preparada e disposta a entrar no mundo político ourense, diga para nós qual será a primeira atitude assim que a campanha se iniciar?
Alê: é um segredo, mas garanto que chocará. Uma de nossas companheira é Dona Lena Rosa, e ela inventou “A dança do calcanhar”. Nossa primeira atitude será esta. Toda vez que encontrarmos um político desonesto na rua viraremos de costa e dançaremos a “Dança do Calcanhar”.
Léo: Que dança é esta?
Alê: Isto é segredo. Segredo mesmo.
Léo: Tudo bem Alexandra, mas acho que nosso tempo está se esgotando. Teremos que marcar uma segunda entrevista.
Alê: Olha Léo, vou verificar na minha agenda; e também tem outra coisa, meu maridão chega o mês que vem, estarei um pouco ocupada.
Léo: Tudo bem garota, mas desde já agradecemos a participação. Uma boa noite e boa sorte......Risos.

Música de Encerramento: Hino De Ouros

Glauco Viana

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Vejo vcs em breve!

Estou profundamente decepcionado com o Timão. Todos os torcedores que se dizem apreciadores do melhor futebol do Brasil estão se perguntando, será verdade? É verdade que times como o Grêmio, Atlético Mineiro, Palmeiras, tenham visitado a Segunda Divisão, mas com certeza, nenhum deles tem a arrogância de se auto-intitular Timão. Eu acho que o castigo é pouco! Não nada mais chato que corintiano que "se acha"! Por favor, coritianos, tentem subir e em 2009 nós conversaremos, quem sabe...
Não gastarei muitas palavras com esta decadência, mas posso dizer que não estou alegre... estou profundamente tristre por saber que alguns amigos estão sofrendo......ahahahahahah quem mandou não torce pro MENGÃO!!!!!! aahahahahahaha!!!!

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

É Mengo! É nóis!

Quem poderia imaginar o Flamengo na Libertadores???

O Júnior do Anchieta, o Marcelinho do Cindor, o Maguinho do Cindor, o Júlio César do Cindor, o Alcindor, o Éder, o Paulo Jovino, o Jaiminho da Mulata, o Zito, o Jintan, o Caetano e tantos outros que, no fundo, sempre quiseram ser Flamenguistas!!!

Tu és time de tradição, raça, amor e paixão... oh! meu Mengoooo!!!
Eu sempre te amarei, onde estiver estarei... oh! meu Mengoooo!!!!

terça-feira, 13 de novembro de 2007

Perdeu, perdeu: foda-se! 4

Quero deixar meus mais profundos sentimentos para:
Jaime do Bar;
Nil do Bar;
Tô Dimar do Bar;
Sarney do Bar;
Du Du do Bar;
Marquinho da Cinete;
Beto do Dedé Rosa;
Edi do Dedé Rosa;
Efi do Dedé Rosa;
Gão;
ETC...

É Mengo! É nóis!

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Brasil, país das fraudes

Tem dia que a gente acorda mais inspirado, e só assim consegue "ver o que está na cara". Se você pensar no fato de ser um brasileiro honesto e trabalhador por exemplo, vai perceber que toda sua boa conduta como cidadão está virando raridade. Somos roubados e fraudados desde da primeira hora do dia até quando nos deitamos:
"Ao escovar os dentes pagamos 40% de imposto no creme dental; o cafezinho da padaria mais 25%; o leite está quimicamente intoxicado; a gasolina do nosso carro corre o risco de estar adulerada; pagamos pedágio para chegar ao trabalho (para que IPVA?); pagamos estacionamento para poder trabalhar mais tranquilo; o gerente do banco liga cobrando taxa e não explica o porquê; recebemos mensagem da empresa de celular avisando que os créditos acabaram (ontem comprei dez reais de créditos e não fiz nenhuma ligação); a empresa de telefonia fixa cobrou ilegalmente a mensalidade no valor de R$53,00; a mensalidade da faculdade aumentou mais que 4% este ano (4% é máximo permitido por lei); o banco liga novamente avisando para pagar R$2,00 por cada folha de cheque que se usa (ilegal também); na hora do almoço o prato está indicando peso maior que o real; deu dor de barriga e o rolo de papel higiênico de 40 metros tem apenas 26 metros; o pastel de carne não tem carne; o queijo mineiro está com validade vencida (acho que era de Uberaba); choveu muito e inundou o estacionamento – o seguro diz que não cobre acidente por tempestade (para que serve seguro de carro?); o taxista dá mais voltas até chegar em casa; o vizinho faz barulho depois das 10; acabou o gáz (existe fogão a gasolina?); escovar o dente novamente e pagar mais 40% para o governo – Boa Noite ."
Parece que o bom exemplo realmente não existe. Tanto o governo como o dono do restaurante ou o fabricante de papel higiênico estão querendo dar seu jeitinho brasileiro para também receber algo com fraudes e roubalheiras.
Fique de olho e denuncie!!
Glauco Viana

sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Perdeu, perdeu: foda-se! 3

Quero deixar meus mais profundos sentimentos para:
Jintan;
Caetano;
Ênio Testa;
Presuntinho;
Krisk;
ETC...

É Mengo! É nóis!

sábado, 27 de outubro de 2007

Loucura! Loucura!

Loucura da vida que vivo
Loucura na vida que sou
Fumo sobrando no cerebro de um desconhecido
Álcool preso na garganta de um solitário.
Vida louca! Vida.....
Vida boa no ceio familiar
Vazia na hora do Fantástico.
Alegria demasiada na gozada
Solidão exagerada na ausência.
Loucura!Loucura!Vida....
Presença do amplos conhecimentos
Ausência de simples atos.
Loucura numa viagem sem fim
Princípio e meio deixados para trás.
Vida sem loucura não tem mistério
Mistério certo em mim
Falta sinceridade em todos, também em mim.
Loucura! Vida louca...V I D A.........

sábado, 20 de outubro de 2007

para leonardo

acabou que ñ vai dar pra ir, mais final do ano vou com certeza, vamos tomar uma la...uma caixa

Chupa Minha Mandioca Até Sangrar!

Como é que pode o ser
Humano ser tão idiota?
Uma coisa eu sei: se continuarmos assim,
Provavelmente vamos extinguir
A nossa raça.

Muita poluição, lixo, desmatamento.
Independente do povo,
Nação, raça. Não
Há ninguém que esteja realmente
Atento para a salvação da Terra.

Mas,
A mãe
Natureza vai cobrar a conta!
Depois que os
Idiotas se derem conta, será tarde demais.
O caos estará instalado.
Como podemos ser tão
Absurdamente cegos?

A sobrevivência da vida é
Totalmente dependente de nossos atos.
É claro que temos escolha!

Se você for capaz de se comprometer,
Ajudar a disseminar
Nossas preocupações,
Garanto que poderemos viver melhor.
Reconheço que a missão não é das mais fáceis,
Ainda assim, podemos
Recomeçar e continuar com a vida na Terra!

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Perdeu, perdeu: foda-se! 2

Quero deixar meus mais profundos sentimentos para:
Marcelinho do Cindor;
Maguinho do Cindor;
Bozão do Cindor;
Cindor do Manoel;
Manoel pai do Cindor;
José Anchieta Siqueira Júnior;
ETC... (este tá em todas!)

É MENGO! É NÓIS!

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Chame a Irdei!

Chame a Irdei!
Numa pequenina cidade do sul de Minas chamada Turvolândia mora uma brilhante mulher chamada Ildei, mais conhecida como Irdei. Ela é a dona da padaria, dona da farmácia, dona do supermercado, ela é psicóloga, pediatra, conselheira, benzedeira, auxilar de serviços gerais, vigilante da praça, é ela que toca o sino da igreja, que avisa quem morre, é a única que tem telefone na cidade, enfim, Turvolãndia não respira sem a presença da Irdei.
Se o sinal do trânsito quebrou
Se a chuva inundou a cidade
Se a camisinha furou
E se o padre perdeu o dente comendo brevidade
Chame a Irdei!
Se o prefeito foi sequestrado
Se o carteiro quebrou o nariz
Se o lixeiro ficou cagado
E se a vidente morreu queimada no chafariz
Chame a Irdei!
Se o ladrão foi atropelado
Se o sermão do pastor assustou a população
Se o troféu do campeonato foi pichado
E se a vizinhança tem medo de assombração
Chame a Irdei!
Se o deputado foi pego com a amante
Se o motorista de taxi roubou a estátua da praça
Se o coroinha estuprou a deputante
E se o pescador bêbado gosta de fazer graça
Chame a Irdei!
Se o médico esqueceu a tesoura
Se o zelador não limpou a piscina
Se a bicicleta machucou a professora
E se o menino despiu a menina
Chame a Irdei!
Se o arquiteto derrubou o edifício
Se o pintor tem mal gosto
Se o dentista fala difícil
E se o padeiro maquiou o rosto
Chame a Irdei!
Se o coveiro está com gonorréia
Se o vereador correu pelado
Se o forasteiro chegou na boleia
E se o pai de santo não está preparado
Chame a Irdei!
Se a gasolina não é original
Se a beata espalhou conjutivite
Se a travesti cortou o bilau
E se o presidente não sara da burcite
Chame a Irdei!
Enfim,
Se o problema é conjugal. Chame a Irdei!
Se é sexual. Chame a Irdei!
Se é falta de dinheiro. Chame a Irdei!
Se você não foi o primeiro. Chame a Irdei!
Se é doença. Chame a Irdei!
Se é falta de crença. Chame a Irdei!
Se é problema no trabalho. Chame a Irdei!
Se é vício com baralho. Chame a Irdei!
Irdei é a solução. Como ela Turvolândia nunca fica na mão!

Chame a Irdei!

terça-feira, 16 de outubro de 2007

para leonardo

léo, to querendo ir pra ouros na outra semana, ve se da pra vc ir...abração

terça-feira, 9 de outubro de 2007

VEM AI:

MEU NOME É AMOR!

sábado, 6 de outubro de 2007

Será?

Será que realmente temos alma?
Será que estamos fadados ao fim?
Será que temos de viver longe de nossas famílias para ser alguém?
Será que vale a pena ser alguém?
Será que temos de ser ambiciosos?
Será que temos de tolerar nosso governo?
Será que uma tatuagem vai denigrir nossa imagem?
Será que amigos são o bastante?
Será que ser bom significa ser bom?
Será que vai doer?
Será que eu tenho de ser tolerante?
Será que eu tenho de esperar a morte?
Será que eu preciso ser tão depressivo?
Será que eu preciso ser tão feliz?
Será que existe um sentido?
Será que eu devo ser mais amável comigo mesmo?
Será o meu caminho fruto do meu destino?
Será que existe destino?
Será que tantas perguntas são necessárias?
Será que se eu tivesse feito outras escolhas seria um ser humano melhor?
Será que realmente eu preciso ser um ser melhor?
Será que o quê eu faço é o bastante?
Será que eu podia melhorar?
Será que eu tenho muitos paradigmas?
Será que eu sou pró-ativo?
Será que eu ouço as pessoas?
Será que todo mundo me entende?
Será que eu estou fazendo a coisa certa?
Será que tudo isso existe?
Será que a realidade que eu conheço realmente é a real realidade?
Será que eu estou ficando louco?
Será que eu sou diferente?

Uma coisa eu sei: o segredo da vida é ser bom de coração!!! Não tenha medo de errar se a melhor decisão que você tomou pra sua vida foi de bom coração!!!

Perdeu, perdeu: foda-se!

Quero deixar meus mais sinceros sentimentos para:
Ti ( ai meu saco Ti!)
William do Merci
Rinaldo do Zé Rosa
Beto do Mano,
ETC
É nóis! Mengo!!!

terça-feira, 2 de outubro de 2007

Todo castigo para corno é pouco

O sol me acordou
O vento me despertou
Lá embaixo eu a via, toda de negro desesperada com a morte do marido, do meu inimigo
Uma mistura de alegria e compaixão preenchia meu ser
Será que deveria consolá-la?
Lala chorava como criança e seus gritos me davam assustosamente esperança
A vizinhança não deixava de fitar os olhos em mim
Será que Lala vai ficar com ele agora?
Embora não quisesse tive que acompanhar o enterro
Flores e rosas encima do caixão e apenas as lágrimas de Lala mechia com meu coração
Queria abraçá-la, mas Lala se irritaria
Passou o dia, todos foram e lá só Lala, o corno morto e eu
Derrepende o portão do cemitério se fecha
Lala, eu e agora o alívio e talvez alegria
Ela aperta minhas mãos
Eu aperto as dela
Respiração ofegante
Calor irritante
Agora Lala, o defunto, eu, o calor, o escuro e a ocasião
Aperta mais forte minha mão
Aperto mais forte ainda a dela
Num istante um instinto de cadela viciada toma conta dela
Num instante uma ferocidade de cavalo inteiro faz eu tomar ela
Ali mesmo no túmulo aplumo aquela recem viúva
O calor aumenta, os gritos esquenta
A lua ilumina a noite sombria, o local escuro e o amor absurdo
O ritmo aumenta
Lala cadela e eu nela
Os sussurros atentam
Eu, inteiro e ela, cadela
Horas demais
Posições incapaz
A noite não tem fim
A loucura não tem fim
Eu escravo do pecado, ela escrava do pecado prazeroso
Eu um louco, ela cadela louca
O sol enfim
Roupas no chão
Flores no chão
O portão se abre
Lala cadela, eu pecado...E seu marido morto
Lala cadela, eu inteiro, a noite inteira como um cavalo inteiro no derradeiro adeus ao marido morto corno
Lala cadela e eu um louco, pois todo castigo para corno é pouco.

Glauco Viana

sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Gosto dela porque...

Gosto dela porque casei com ela, isto é óbvio, mas também se não casasse gostaria do mesmo jeito.
Gosto dela desde de manha até a noite. Mesmo descabelada gosto dela. Mesmo desgonçada, gosto dela.
Gosto de acordar e me assustar com aquela juba de leão louca por uma chapinha.
Gosto de tomar café com ela e ouvir seu primeiro discreto arroto com cheiro de toddy com torradinha.
Gosto dela quando recebo aquelas intermináveis mensagens de celular 324 vezes por dia dizendo a mesma coisa, apenas de forma diferente.
Gosto dela de lado, de trás, de frente.
Gosto dela quando pergunta : "Amor estou bonita hoje?" Mesmo sabendo que ela está se vestindo para suas amigas e não para mim.
Gosto dela quando de madrugada ela vira e pede uma tijela de sorvete de caqui com amendoim.
Gosto dela quando ela inventa de chamar sua irmã para jantar apenas para dizer que eu fui promovido e o seu cunhado não.
Gosto dela até nas dores de cabeça na hora "h" mesmo sabendo que ela passou a tarde inteira vendo a Gmagazine do Fabio Assunção.
Gosto dela porque ela é filosoficamente dizendo o ar que respiro, a som que ouço e a luz que me ilumina.
Ela é meu conforto, desconforto, prazer, lazer, amizade, brigas, abraços ....Ela é minha mulher, minha parceira, minha menina.
Gosto dela porque ela dirige mal, menti mal, costura mal, cozinha mal e fala muito bem.
Gosto dela porque ela gasta muito, grita muito, telefona muito e briga pouco.
Gosto dela porque ela peida embaixo da coberta sim, some com os pepinos e cenouras da geladeira sim, faz xixi na piscina do clube sim e odeia minha mãe sim.
Gosto dela mesmo quando ela me deixa cozinhando duas horas em frente da farmácia: "Amor, só vou pegar uma absorvente", mas volta com dez quites de salva-vidas.
Gosto dela porque ela realmente demora no shopping...Mulher tem que demorar no shopping. Amo ela por isto. Isto é a maior prova de amor de uma mulher.
Gosto dela quando ela faz aquelas surpresas super animadas: "Amor, sabe que o Toto fez com seu not book hoje"?
Gosto dela mesmo quando ela tenta fazer uma receita da Ana Maria Braga usando meus vinhos franceses e a receita dá errado.
Gosto dela no verão, primavera, chuva, sol, dia ,noite, sabado e feriado.
Gosto dela quando ela leva suas três tias gordas na praia e me obriga a levar uma por uma ao mar.
Gosto dela porque ela já inventou de jogar tênis, volei, fazer natação, yoga e até surfar.
Gosto dela com roupa, mal vestida, alegre, triste, pelada então...Há como e como e como gosto dela.
Ela é minha cinderela, meu chapeuzinho vermelho, minha branca de neve, meu narizinho, minha kuka, minha Tia Nastácia, minha Viuva Porcina, Regina Duarte, Xuxa, Tiazinha, Fátima Bernardes, Glória Pires.....Ela é ate a Mãe Dina se quiser.
Mas eu gosto dela, amo ela, desejo ela até quando ela quiser.
Gosto dela porque é bom estar com ela, mesmo quando ela finge que está dormindo...
Gosto dela porque ela casou comigo, mas se não tivesse casado, gostaria do mesmo jeito.
Glauco Viana

quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Tirando dúvidas

1- Estes restos de carnes que ficam dentro dos dentes serve para fazer uma ótima macarronada. Você fica uma semana sem escovar os dentes e depois de sete dias retira os restos de carnes dos "buracos" dos dentes e faz um molho com mostarda que dará um prato espetacular. Este prato possui muitas bactérias, principalmente estreptococcus mutans, essencial para digestão.

2- Esta massinha que o dentista coloca nos dentes é um ótimo descongestante nasal. Apenas três sucção diária é o necessário para o desentupimento da glote e alívio total para o paciente.

3- As cúpides dos molares, principalmente, as vestíbilos-mesias e disto-linguais, tem um grande potencial de corte. O esmalte nesta região é diferente e mais resistente. Serve tanto para amolar metais como para abrir garrafas, polir aço e cortar unhas.

4- Existe vários tipos de pontes dentais. Aconselho usar apenas as pontes de porcelanas para aventuras de bambi-jump, escaladas e outras práticas radicais.

5- O bafo ou halitose surge da falta de escovação da língua ou excesso de sexo oral. A pessoa em questão deve estar "caindo muito de boca".

Espero ter respondido totas dúvidas.
Qualquer dúvida entre em contato.

Dr Glauco Viana. " Mais que um dentista, um amigo"

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Tirando as dúvidas dentifrícias com Dr Glauco

Prezado Dr Glauco,

Sei que em sua contundente profissionalidade, um dos mais respeitados Cirurgiões Dentistas de todos os tempos, incluindo aí o nosso saudoso Alferes e mártir da Inconfidência Mineira, pergunto-lhe:

1- Faz mal comer aquela carne que fica entre, ou às vezes, dependendo do estado, "dentro" do buraco do dente, quando passamos fio-dental?

2- É prejudicial para o meu pulmão se eu ficar tentando, com um vácuo, chupar os resquícios da coxinha de massa batida que permaneceu no meu dente de trás? Ouvi falar que se chama molar?

3- Posso usar este dente de trás para "molar" faca e a tesourinha de cortar unha do pé do meu avô?

4- O meu dentista falou que eu vou ter de colocar uma ponte na boca. Se eu quiser, posso pular dela? Isso vai ser considerado coisa de maloqueiro?

5- Minha amiga tem um bafeta horroroso. É possível que ela esteja lambendo o "subaco" de alguém com CC? Ou será que ela tá com um "dentipodi"?

Prezado Dr Glauco, espero que o Sr possa me ajudar. Por favor, responda-me o mais rápido possível, pois ainda tenho muitas dúvidas sobre o mundo dental.

Muito obrigado pela compreensão e ajuda.

Catraca 1001.

domingo, 23 de setembro de 2007

E de repente um novato...

Boa noite Povu du Zoro! Me chamo Brunno Mabub e me senti no direito ou na vontade mesmo de escrever algumas poucas linhas para me apresentar. Pois é aquela coisa, sempre quando chega um novato todos ficam olhando assim meio de lado, duvidosos da nova situação, "será que ele é legal?", "mas que cara estranho!", "olha o sapato dele...", "na nossa turma ele nao entra..." bom, dentre tantas outras perguntas e colocações que nos fazemos só porque agora existe alguem novo, nao quero se nao usar o espaço que me foi dado para escrever coisas da vida, rir e chorar como qualquer um, indignar-se, curar-se, enfim escrever e ler e compartilhar.
Sou de Belzont...lá o povu é du Belzont mas foi o Povu du Zoro que me acolheu e entao porque nao somar-se tambem! Fui gerado ao som de Pink Floyd e quero continuar a tradição! Isso sinifica amor pela musica boa... Conheci o Léo por compartilhar varios gostos com ele, talvez isso estreitou a amizade...E mais tarde percebi que ele se parece muito mais comigo do que eu imaginava...ou imaginava... Gente da gente... E assim quero pensar também com relação o povu du Zoro... Torço pelo Atletico Mineiro, e eu poderia poupar-vos de tal informação,mas é apenas para reforçar a hipotese de que atleticano é sofredor... Enfim, muito obrigado pelo espaço, saber que agora vai ter, além de mim, gente lendo meus textos, resenhas, meus lixos, meus nadas é algo novo e eu gosto do que é novo.

sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Até quando esperar?

Como podemos ser tão imbecis? Como podemos ser passíveis com os governantes que temos? Você não fica indignado? Eu fico! Como é que pode uma instituição, que se diz representante do povo, eleita pelo e para o povo, absolver um senador corrupto? É o fim. Quando este país vai crescer? Quando o Sol explodir e engolir a Terra? Não. Somente quando criarmos vergonha na cara e deixarmos de eleger sacripantas e espertalhões.
Canalhas sempre existirão, mas temos o poder de extirpar essa reles raça de nossas vidas. Como podemos nos sujeitar a este sem-fim de episódios lastimáveis em nossa chamada Capital Federal? Parece que este Federal vem do verbo feder! Fede-geral! Capital Fede-Geral!
Orgulho-me e muito de ser brasileiro, choro em ouvir e cantar o hino, mas não posso deixar de indignar-me quando vejo nossas riquezas sendo exauridas por seres inescrupulosos, mesquinhos e sem nenhum tipo de compaixão. Como podemos trabalhar entre 6 e 7 meses por ano somente para pagar impostos? Não temos nenhum serviço de qualidade vindo do nosso querido Governo. A não ser, o mais fino curso de como fazer uma apropriação indébita.
É claro que existem políticos sérios, mas infelizmente eles também são punidos por fazerem parte de uma minoria cada vez mais rara.
Quero que esta situação seja indelével, mas não perene, para que nossos netos possam gozar de uma vida mais digna, com valores fundamentados no amor e na honestidade. Quero que eles se espantem, se preocupem, se conscientizem e se unam para que, quando lerem nos livros de História o tipo de políticos que governavam na época dos seus avós, não voltem nunca mais!

quarta-feira, 12 de setembro de 2007

TED - Terror das Empregadas Domésticas

Você já sentiu aquela sensação que a sua empregada doméstica é a mulher mais gostosa do mundo? Você não se importou com a idade, a cor, a religião, o poder financeiro, quantos dentes ela tem na boca, se ela fez chapinha, permanente, se tem chulé, se é um puta avião de 1,80m, se é linda, se é feia, magra, gorda, legal, chata, estudiosa, burra que dá dó? Então, meu amigo, você é um TED!!! Você já teve 13 anos. Com a explosão da testosterona suas bolas também doeram! Para os que tem 13-14 anos, não se assustem, é assim mesmo. Para os que ainda não chegaram lá, paciência, suas bolinhas ainda vão doer! Existem vários tipos de TEDs, vejamos alguns:

  • TED dissimulado: aquele que deita no sofá, põe o bilau duro pra fora e finge que está dormindo, enquanto a empregada varre o chão da sala.
  • TED mentiroso: aquele que diz para a secretária do lar que está estudando e vai tirar ela daquela vida.
  • TED chantagista: aquele que diz pra empregada que vai contar para os pais que foi ela que insistiu para te dar.
  • TED Dom Juan: aquele que gasta o maior papo, compra até presente, prepara jantar e no fundo a empregada só estava esperando ele por o mugango pra fora.
  • TED vale-tudo: aquele que bate no amiguinho para ficar com a empregada da casa dele.
  • TED arrastão: aquele que não perdoa a empregada da tia, da , dos primos e dos amigos.
  • TED piúrra: fica rodando, rodando, rodando e acaba caindo antes que a empregada consiga colocá-lo na mão.
  • TED parceiro: aquele que divide a sua empregada com os amigos.


OBS: este texto não tem a intenção de denegrir a imagem das empregadas domésticas. É somente um texto nostálgico, com o qual procuro recordar-me de minha infância e compartilhar as besteiras que dizíamos quando crianças.

quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Is this Love?

Estive pensando comigo mesmo sozinho somente eu: e se nós não pudéssemos saber que existem coisas que não sabemos? Acharíamos que de tudo saberíamos? Isto seria o ápice da mais pura prepotência e arrogância de uma espécie que só sabe suicidar-se lentamente no mais puro devaneio rumo ao fim e possível extinção desta. Como podemos ter certeza que nossa ciência pode explicar tudo? Como podemos ser tão descrentes? Como podemos nos ater em coisas materiais se o quê realmente importa é a sensação de prazer e bem-estar proporcionada pelo simples fato de praticarmos, com afinco, todo o bem que no íntimo, sentimos a necessidade de fazê-lo, mas não nos expressamos como o desejado pelos nossos instintos? Uma vez que, inflados pelo nosso orgulho e egocentrismo, esquecemos-nos de praticar a essência que nos manterá perenes: O AMOR!

sexta-feira, 31 de agosto de 2007

O Nobre Ato da Defecação

Quando defecamos, na realidade, estamos finalizando um processo metabólico decorrente da digestão dos alimentos que ingerimos. Costumamos dizer, sem entrar em pormenores científicos, que estamos eliminando tudo aquilo que não foi aproveitado pelo organismo. Meus amigos, em verdade vos digo: É MENTIRA!!! Todo mundo adora defecar. Não é estranho ter a gostosa sensação de estar eliminando impurezas? Quando nos encontramos sentados no vaso sanitário, estamos nos expondo aos mais antigos instintos do homem: suor, força, concentração, amor, dor, prazer, alegria, alívio e por aí vai...

Pensem nos mais carinhosos nomes que dedicamos ao nobre ato da defecação:

  • Vou bater um barro;
  • Vou cortar o rabo do macaco;
  • Vou conversar com o baixinho;
  • Vou colocar o moreno para escorregar;
  • Vou cagar;
  • Vou dar um cagão;
  • Vou me aliviar;
  • Vou me borrar;
  • Vou castigar a privada;
  • Vou ver o quê sobrou da feijoada;
  • Vou fazer um pé-de-moleque;
  • Vou fazer um cocô; (ti lindu!)
  • Vou fazer caquinha; (maisi lindu ainda!)
  • Vou passar um fax;
  • Vou fazer o número 2;
  • Vou ali e já volto;
  • Etc... Etc... Etc...
Pode ser em casa, na casa do colega, do parente, na rua, na beira da estrada, nos mais variados lugares. Mas o importante é dar valor!

E assim, continuamos cagando e enchendo este mundo de bossstttaaa!!!

Que merda!!!

quinta-feira, 23 de agosto de 2007

LUA CHEIA

Era noite de lua cheia
o sol brilhava no horizonte
sentado numa pedra de madeira
um homem nú
com a mão no boldo
filosofava:
Os 12 apóstulos erão 6...
Caim e Abel.

quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Carta aos Leitores

Prezados, digníssimos, angelicais, renascentistas, neoanárquicos, proeficientes, altruístas e importantíssimos leitores do Povu du Zoro,

Venho através desta, na pessoa de administrador deste blog, que por acaso sou eu mesmo, dizer-lhes que: é altamente saudável, desejável e bem-vindo, todo tipo de bom-humor. Sei que nos provemos de mentes brilhantes para que convivamos num ambiente em que todos possam se expressar livremente.

Por favor, caso alguém deseje escrever neste blog ,como autor e não somente através dos comentários, será de muito bom grado receber seu email e garantir-lhe a permissão necessária para a exposição de suas experiências, textos, críticas ou passagens bem humoradas.

Sem mais para o momento, despeço-me, deixando registrado um pensamento que ocorreu-me agora:

"Prá quê que eu vô juntá dinhêro si num fui eu qui ispaiei???"

quarta-feira, 15 de agosto de 2007

Alma

O papel do Ourense é, sem a mínima sombra de dúvida, ser um ser delirantemente amigável, inteligentemente complacente com o amor, irresistivelmente humano e feliz! Mas é claro que podem ser detectadas algumas exceções.

Nas entrelinhas deste papel, escrevemos nossa história. Diga-se de passagem, às vezes esfumaçadamente radiante de alegria.

Quando num súbito surto de achar a melhor esquina, deparamos com as sombras das "ruas de trás". Às mesmas que devemos muitas das melhores lembranças de nossas vidas.

Não importa o valor monetário que se dá para uma simples cachaça, misturada com tubaína, acompanhada da mais pura "mortandela" de segunda. O importante é não vomitar, não desprezando assim, o esplendoroso e singular descer do líquido.

Devemos nos atinar que a vida é feita de pequenas grandes coisas, e que, mesmo não percebendo o valor intrínseco de cada segundo em que respiramos, que compartilhamos nossas experiências, que fazemos o bem, que somos amigos, parceiros, cachaceiros e comedores de mortadela, ainda assim, a vulnerabilidade de nossos corpos serão transcendidos pela mais pura e bela invenção de Deus, a nossa alma Ourense.

sábado, 11 de agosto de 2007

SENTIDO DA VIDA

" Eu acho que o verdadeiro ciclo da vida está todo de trás para frente. Nós deveriamos morrer primeiro, nos livrar logo disso. Daí viver num asilo, até ser chutado de lá por estar muito novo. Ganhar um relógio de ouro e ir trabalhar. Então trabalhar 40 anos até ficar jovem o bastante para poder aproveitar sua aponsetadoria. Aí você curte tudo, bebe bastante álcool, faz festas e se prepara para a faculdade. Você vai para o colégio, tem vários(as) namorados(as), vira criança, não tem nenhuma responsabilidade, se torna um bebezinho de colo, volta ao útero da mãe, passa seus últimos 9 meses de vida flutuando... e termina tudo com um prazer! Não seria perfeito??"

sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Certo x Errado, Bem x Mal

Diante toda maldade declarada e sentido, está cada vez mais difícil ver e sentir o bem. É estranho como o ser humano se habituou em fazer a "coisa errada". Seja passando a perna no colega de trabalho, sonegando impostos ou traindo a esposa, "estar fazendo o errado" não é mais errado, e sim sinônimo de esperteza.
É lógico que não temos tantos exemplos na nossa vida. Políticos, polícia, patrões, pastores, padres etc...todos erram, mas ainda a maioria acerta. Porque colocar a culpa da nossa desonestidade em políticos, se fomos nós que os elegemos? Porque insultar e apedrejar a polícia, se não temos coragem de denunciar os verdadeiros criminosos? Porque criticar padres e pastores, se nunca vamos a uma missa ou culto? Enfim, porque agimos "errado" se o "certo" é mais saboroso?
O ser humano foi entregue a uma devassaladora briga de identidade egocêntrica, onde cada um se vira da forma que mais convém. Está havendo um turbilhão de idéias, onde cada um por si e si por todos. Esquecemos da naturalidade. Esquecemos das regras, moral, ética e principalmente do mistério da vida regido por Deus.
O mundo foi entregue a uma peste de interesses, e os sentimentos perderam-se nos bolsos da minoria ou em contas bancárias no Caribe. Não há mais graça em convidar o vizinho para o almoço, pode ser que ele me peça dinheiro emprestado. Não tem porquê visitar minha tia no asilo, domingo é dia de futebol. Passear com meus filhos não dá mais, meu chefe é muito exigente e ocupa todo meu tempo.
Parece que realmente fazer o bem e Ter uma vida saudável não é prioridade. Infelizmente não é a primeira "coisa certa" que deve-se fazer. O "errado" pode não Ter sabor, mais está mais fácil realizá-lo.
Pense e não age assim!

Glauco Viana

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

E daí?

E daí?
Se o vizinho sai com a vizinha?
Se a vizinha é uma galinha e sua filha não lava a calcinha?
E daí?
E daí?
Se o primo do amigo do meu cunhado é tranquera, se sua mãe é lavadeira e que seu cachorro morreu de caganeira?
E daí? Se meu irmão é corno, meu café está morno e o idiota do síndico esqueceu o bolo no forno?
E daí? Se gosto de novela, se transo com magrela e não curto almôndega com berinjela?
E daí? Se meu sobrinho é maconheiro, pegou a mulher do pedreiro, assaltou o padeiro e bateu no jornaleiro?
E daí? Se a garota não está afim, se precisei comer amendoim e se votei no Espiridião Amim?
E daí? Se meu amigo me traiu, se minha namorada fugiu e se o preço da gasolina subiu?
E daí? Se meu afilhado é viado, corre na praça pelado e não usa tênis importado?
E daí? Se ganho mil, dois mil, três mil...?
Se gosto da Rosa, da flor ou do cravo...?
Eu que pago minhas contas e minha roupa é eu quem lavo!
E daí? Se minha cabeleira é louca...?
Se meu médico é pertubado...?
Se minha psicóloga toma pinga...?
E minha secretária não sai do meu lado.
E daí? Se minha mãe já se apaixonou pelo padre...
Se meu irmão é político. (credo)
Se meu sócio crítico...
E se meu pai embebedou a madre...?
E daí? Se não tenho dinheiro
Se meu carro quebrou
Se não fui o primeiro
E se o aluguel aumentou?
Me responda:
Sabe porque a tartaruga tem uma vida comprida?
-Porque ela passa 100 anos vivendo para ela....
Sabe porque Deus nos deu apenas uma vida?
-Porque não temos tempo para cuidar da vida dela.....da vida dele, da vida do padeiro, do jornaleiro, do pedreiro, do meu sobrinho, do meu vizinho,do meu dentista, do jornalista, da cabeleireira, da lavadeira........
.........Não temos tempo para maldade
Se Deus te deu inteligência e esperteza
Use a seu favor, esqueça os inimigos.
E faça bondade, solidariedade e amizade...

Glauco Viana

sábado, 4 de agosto de 2007

Total Eclipse Of The Heart

André Biruta é um cara,
Que nunca se deu mal.
Curtindo no Zorinho
Era sensacional!

Pegava o seu fusquinha
Não tinha pra ninguém!
Todo rebaixadinho
Só andava a mais de cem!

Sempre com um cigarrinho
Pendurado na orelha,
Ía sempre à Paraíso
Acompanhado do Ovelha!
Um dia lá no calçadão,
Em frente à choperia
Jogou pizza no povo
E começou a correria.
Todos esperavam
O trágico final.
Mas o Biruta escapou
De ser manchete no jornal!

Ele é reconhecido
Como um grande funileiro,
Durante toda nossa infância
Foi um cara maneiro.
Aprendemos muita coisa
Sobre a cola de sapateiro.

Hoje ele é um mito,
É um cara sério.
Mas se vacilar com ele
Seu destino é o cemitério.

Num Sábado nos fomos,
Na alta madrugada,
Dar uma volta na chácara
E até tomamos tijolada.
A mulher pensou
Que aquele fuscão
Era do PT:
Filho do Toninho Pagão!
Biruta então sorriu,
E quase passou mal:
"Coitado do moleque
Amanhã vai apanhar de pau!"

Pergunte pro Jintan
Ele sabe da histórias,
Santa Rita ou Paraíso
Biruta teve suas glórias!

Ele nunca foi dos boys!
Sempre foi um cara batuta!
Salve André Biruta!
É nóis!!! É nóis!!!

terça-feira, 31 de julho de 2007

retrospectiva 2006 - por Helisson Viana

RETROSPECTIVA 2006
Por Helison Viana
Depois de Ali Babá e os quarenta ladrões, Peter Pan e a Terra do Nunca, Alice no País das Maravilhas e a lista de Lobisomens chega por fim a Retrospectiva Ourense em uma visão distorcida da realidade e ficção.
O ano inteiro de acontecimentos históricos no Planeta Terra, e da nossa querida cidade ourense, também chamada de "Terra do Contrário onde o gato faz au au".
JANEIRO – O ano começa sem muito destaque, esperança e progresso. O grande destaque desse mês é a Copa Loucos trazendo um grande público de volta as quadras. O torneio que é uma cópia brilhante da Copa da Uefa, traz personagens raríssimos, onde o destaque é o Junior do Anchieta que mais uma vez é vice-campeão.
FEVEREIRO – Nas vésperas do Carnaval shows históricos invadem o Brasil levando multidões as ruas.
Rio de Janeiro traz a lenda do rock Rolling Stones.
São Paulo apresenta a banda irlandesa U2 e os pop stars enlouquecem o Morumbi em duas apresentações históricas.
Camilo traz Conexão Nacional numa nova turnê interminável em nossa cidade.
Inspirado no Bob Sponja o carnaval de espuma sem sabão é apresentado.
MARÇO – O falso profeta Juninho, movido a álcool, é rapidamente internado após meses sem banho. Será que desta vez ele vai conseguir?
Cineastas brasileiros elegem o Bairro da Chácara como a Cidade de Deus e ganham títulos de honra ao mérito.
Pai da matéria é preso com botijão de gás e venda ilegal de gays.
ABRIL – Ronaldinho Gaúcho é eleito o melhor jogador do mundo. Seleção se prepara para a Copa do Mundo. Decidida a grande final do futebol ourense: Galácticos do "EFE" X Cidade de Deus, um duelo de gigantes.
Rodovia Fernão Dias recebe reparos e kilometros de asfalto em sua multiplicação. Praça do Zoro é asfaltada. Até hoje não sabemos o pôrque.
MAIO – Realizado o primeiro Encontro Anual da Turma dos Loucos.
Realizada a fantástica Copa de Taekwondo de nível nacional, onde o professor Denílson Ninja Ghaiden apresentou seus alunos para o combate final. Inspirado no filme Karatê Kid 3, seu aluno Henrique Ninja ghaiden consegiu o 3º lugar, usando técnicas de Bruce Lee.
Pai da matéria sai da cadeia por falta de provas.
Juninho D’Áurea escreve sua primeira carta do internato e diz estar muito bem e bastante arrependido de seus atos.
JUNHO – O dia tão esperado chega e o Flamengo da "Chacra" vence a final contra os Galácticos do "EFE". A multidão enfurecida faz guerra em nossa cidade. Camilo Eventos assina um contrato milionário com a banda Conexão Nacional até o fim da existência de nossa querida cidade. A idéia é entrar para o liro dos recordes como o evento que mais se repetiu no mundo. O recorde atual pertence ao milionário Silvio Santos com o seriado Chaves e Chapolin.
JULHO – Inspirado no filme "Senhor dos Anéis", gays ourenses que divertem nossa cidade em busca do prazer conseguem enfim fundar sua própria seita secreta chamada Sociedade do Anel. A Seita representa símbolos de maçonria e elementos eróticos fabricados a mão.
Seleção Brasileira fracassa na Copa. Michel assume a diretoria do Atlético Ourense prometendo títulos e garotas de programa.
AGOSTO – Inaugurada a nova ampliação da Metagal com o nome Alcatras, onde a fuga é impossível. A moderna firma traz de volta relíquias do passado como correntes e bolas de ferro presas aos pés de seus funcionários, na tentativa de aumentar a produção.
Festa do Polvilho traz multidões às ruas ourenses. Turistas e simpatizantes aproveitam a requintada gastronomia onde a matéria prima é nosso fantástico e único polvilho azedo. A incrível banda dos anos 80 "Biquíni Cavadão" canta o tema de campanha "Eu sou do povo, sou o Zé Ninguém".
SETEMBRO – Cansado de vertical e horizontal, Todinho ingressa no mundo da enfermagem e se diz contente.
PCC toma conta de São Paulo incendiando ônibus, delegacia de polícia e postos de gasolina. Mas a polícia ourense junto com amigos do FBI dá um show de competência prendendo o irmão da matéria em uma das operações mais arriscadas do mundo do crime.
OUTUBRO – Engenheiros da Estação da Luz iluminam o campo municipal ourense. A grande reforma ainda apresenta cobertura total das arquibancadas, vestiários com sauna e hidromassagem e uma grande drenagem no gramado usando como matéria prima esterco humano.
Acontece o grande julgamento de Suzane Richitofen e Irmãos Cravinho e eles são condenados a pena máxima. Pai da matéria volta novamente para a cadeia. Polícia ourense comemora "os da matéria estão eliminados".
NOVEMBRO – Juninho começa a freqüentar bares e botecos ourenses. Ele voltou ao normal. Começa a esperada e interminável turnê da banda Conexão Nacional com o nome "2001: uma odisséia no espaço". Gão bate recorde em doses da pinga Amélia.
DEZEMBRO – Festa do dia oito é um sucesso. A tradicional Festa do Padre traz milhoões de turistas as ruas, onde o festeiro é o polêmico Dimur, que superou as críticas pagando todas as pessoas que contribuíram para o evento. É um exemplo a ser seguido.
Mais um ano se passou na Terra do Contrário e a gente encerra a Retrospectiva com a pessoa mais procurada do ano: o dentista Pó.
Por todos os lugares só se falava nele. Quando o desespero batia lá estava ele, nas ruas escuras sempre ele, nos churrascos ele, nas salas de aula só ele, nas missas de domingo não faltava ele.
Não existia inspirador que resistia a ele. E, sendo assim a gente fica com o pensamento do ano:
"Se um dia o mundo acabou em dilúvio, a Terra do Contrário acabará em pó; e os legalay-se vão rir pra sempre".

sexta-feira, 27 de julho de 2007

quinta-feira, 26 de julho de 2007

Fugir do mundo

Tentei fugir do mundo
Encontrei saída na indecisão
Tudo ficou escuro
Desisti na contra-mão
Fechei a porta da felicidade
Tranquei meu espírito atordoado
Embriaguei-me na obscenidade
Fumei até o último bazeado
Gozei até machucar
Masturbei meu consciente
Joguei fora a juventude
Deixei de ser inteligente
Fiquei quieto esperando "o nada"
Fiquei calado no sofrimento
Minha cabeça virou liquidificador
Meu "ser" perdeu-se nos sentimentos
O fim do túnel estava longe
A solução virava utopia
O sono era meu melhor amigo
E a depressão, minha companhia
Tentei fugir, mas não deu
Faltou força e coragem
Levantei-me e voltei ao mundo
A solidão agora é apenas MIRAGEM....
Glauco Viana
Publicado em 02/2004

terça-feira, 24 de julho de 2007

FUNK - Sai daqui, hoje não tem pipi

Sai daqui, sai daqui...Hhoje não tem pipi

Não vem que não tem
Hoje não tem
Se quiser pipi
Vai procurar o dono do armazém

Sai daqui, sai daqui...Hoje não tem pipi (2x)

Você é louca
Uma louca depravada
Só pensa em meu pipi
E em mais nada

REFRÃO

Quero seu amor
Não sou nenhum tarado
Coitado do meu pipi
Ele está todo machucado

REFRÃO

Tenha descência
Pense com carinho
Meu pipi...
...não é geladinho

REFRÃO

O homem tem que parar

Chegamos ao século 21 inundado por uma transformação extraordinária do ser humano. A evolução do homo sapiens não tem limite, seja ela material ou espiritual. A energia elétrica chegou, o gás natural chegou, a tecnologia chegou, o abastecimento de água chegou...O que não chegou foi a conscientização que tudo isto veio da natureza.
O homem aprendeu rápido e praticou mais ligeiro ainda. Os obstáculos foram ultrapassados a cada derrota, e "desistir" já não é o melhor caminho. Passaram dois mil anos e hoje chega-se ao ápice da evolução, da revolução e da transformação. Será que tem mais alguma idéia sem ser praticada pelo homem?
Talvez não seja necessário chegar ao ponto de parar, mas é chegado o tempo de pensar. O homem devastou, queimou, destruiu...Tudo com o propósito de evoluir, mas esquecer de defender o que a natureza lhe deu pronta.
Um exemplo disto são as casas ecológicas, onde não é necessario desfrutar de nenhuma tecnologia tão aplaudida desde o nascimento da espécie. Agora me respondam: para que toda tecnologia se agora precisamos nos comportar como homens da caverna? O que houve e o que acontecerá?
Esta resposta é simples. O homem esqueceu de valorizar a natureza e se gabou tanto que a matéria prima está acabando. Mergulhado num egoísmo declarado e esquecendo do Criador o homem vê suas idéias indo embora, simplesmente porque desvalorizou o essencial: a matéria prima.
O homem esqueceu que a luz vem da água e despoluiu os rios. Esqueceu que o combustível vem das canas e devastou sem limite. O homem esqueceu da natureza e agora vai Ter que evacuar em fossas, como nossos ancestrais. Esqueceu das leis da Mãe Terra e agora vai Ter que tomar àgua da chuva.
Viram o que deu esquecer da essência? – Agora o homem tem que parar e começar a juntar saquinhos de areia e garrafas pets para costruir seu novo Titanic.
Glauco Viana

sábado, 21 de julho de 2007

amigos do peito

Amigos do peito são aqueles que sentimos afinidades, que nos despertam saudades, que conhecem a nossa realidade!!! Amigos queridos do peito, são aqueles que se tornam especiais, que se fazem essenciais...Nos ouvindo quando necessitamos falar...Nos calando quando necessitamos ouvir...Nos estimulando quando pensamos em desistir...Nos amparando quando achamos que vamos cair!!!...Amigos verdadeiros do peito, são aqueles que se entristecem com nossas derrotas, que se sentem felizes com nossas vitórias, que caminham lado a lado na mesma direção.Amigos do peito São amigos assim como vocês são pra mim...Que fazem da minha vida um prazer de ser vivida !!!

sexta-feira, 20 de julho de 2007

O importante é que ninguém duvidou...


O PT realmente está trampando como servente. Aqui ele mostra toda sua habilidade, destreza, conhecimento, atitude, perseverança, luta, persistência, emoção, amor, choro, gozo, elegância, sentimento, pleura, motivação, liderança, loucura, poder, inteligência, porte, quarto, sala, cozinha, cama , mesa, banho, casa, comida, roupa lavada, sem medo de ser feliz!!!






Nosso destemido repórter, o ET, esteve presente no "Campão". Aqui ele está comprando uma deliciosa pipoca do Pirra, e saborea-la-á em companhia de seus estimados colaboradores da arquibancada.

Acessem o link do Povu du Zoro no Youtube, também temos novidades lá!!!


sábado, 14 de julho de 2007

Campeonato de Futebol no Zoro

Como todos sabem, no último Domingo, 08/07, foi disputada a final do campeonato de futebol no estádio João Silvério Rosa, o nosso querido e famoso "Campão".

Com a participação de diversos jogadores "de fora", inclusive do exterior e extraterrestres, foi um sucesso. Conseguiu atrair um público de quase 10.000 pessoas, nas semi-finais e final.

Vários lances curiosos, torcedores fanáticos e performáticos, jogadores habilidosos e juízes imparciais, fizeram a alegria da cidade. Nas próximas semanas os vídeos estarão disponíveis.

Tivemos o prazer de ter a participação do André, o ET, que fez a gentileza de prestar seus dons jornalísticos, juntamente com a equipe de redação esportiva do Blog do Povu du Zoro, fazendo inúmeras entrevistas durante as partidas, com jogadores, técnicos, auxiliares e torcedores.

Vamos conferir alguns trechos das entrevistas:

ET: Aqui fala seu repórter esportivo, o André ET, diretamente do "Campão". Vamos falar com o técnico do Clube Atlético Ourense, o Nhanhá. Nhanhá, você é um cara que se dedica muito à sua equipe. Dentro do campo, se sai um pau, você vai pra cima?

Nhanhá: Tenho de zelar pela integridade física dos meus atletas, portanto, se sair um pau no campo, eu não penso duas vezes em ir pra cima.

ET: Nhanhá, muito obrigado pela sua participação. Vamos conversar agora com o auxiliar técnico, o Barrigaaaaadaaaaa!!! Barrigaaadaaa, é doloroso pra você quando o técnico faz uma colocação mais dura?

Barrigaaaadaaa: Com certeza. Sou muito amigo dos jogadores e tento intermediar as discussões. Mas quando temos de ser duros, não importa quem está na frente.

ET: Sendo assim, você está sempre à frente dos jogadores, para que eles não sintam tanto as colocações do Nhanhá?

Barrigaaaadaaa: É isso aí!

ET: Barrigaaadaaa, se o carro de algum jogador arriar a bateria, você faz uma chupeta?

Barrigaaaadaaa: Se o meu carro estiver por perto, por que não?

ET: Obrigado Barrigaaadaaa!!! Pela participação. Vamos falar agora com o Cal, nosso lateral. Cal, seu forte é a pegada?

Cal: Gosto de entrar duro. Mas também temos de ter uma pegada forte.

ET: Sua função é preencher o buraco atrás dos zagueiros?

Cal: Depende da ocasião, quando eu subo são eles que preenchem o buraco atrás de mim. Mas na maioria das vezes, gosto de fazer a cobertura.

ET: Cal, depois que você deixar o futebol, você pensa em abrir seu próprio negócio?

Cal: Nem pensar!

ET: Valeu Cal! Vamos entrevistar agora o Sócrates dos gramados ourenses, Dr Carlos Magno, o Maguinho.

Maguinho: Peraí ET, o Sócrates do Professor Cassiano nem joga bola, !

ET: Deixa prá lá! Mas, falando sério agora, dizem que você é meio mascarado, é metido, é verdade?

Maguinho: Eu não sou metido, você que é gozado!

ET: Você gosta de jogar enfiado no meio ou abrindo para os pontas?

Maguinho: Prefiro ludibriar o adversário e esconder a bolas que são enfiadas pra mim.

ET: Entendo... mas quando você dá um carrinho, você sempre visa pegar na bola?

Maguinho: Dificilmente eu jogo marcando, prefiro a liberdade para a criação de belos lances.

ET: Você, como um jogador de sucesso, deve ter mais de 1 pau na poupança, não?

Maguinho: Que qué isso ET? Sai prá lá!

ET: Maguinho, pra finalizar, quais os nomes dos 3 porquinhos?

Maguinho: Julinho, Marcelinho e Maguinho?

ET: Errou! É Prático, Heitor e Cícero! Aqui me despeço e até a próxima!

sexta-feira, 13 de julho de 2007

Programa do LÉO - ENTREVISTA COM ROBERTO ROSA

- Música de Abertura :Sai daqui, hoje não tem pipi

- Aplausos

- Léo:É com muito prazer que retorno ao meu tão prestigiado programa. Felizmente a pedidos de muitos amigos ourenses não vou mais desistir do sonho de transmitir alegria e conhecimento para nossos amigos ourenses. Estive em Conceichon of the Golden e percebi que a boa vontade de muitos não pode ser vencida pela inveja e mesquinharia de poucos. Por estas e outras que digo que meu programa não acabará.
Para retornar com chave de "Ouros" chamamos nosso querido amigo e ex prefeito Roberto Rosa.
- Léo: Roberto, é com muito prazer e satisafação que recebemos sua ilustre pessoa em nosso auditório.
- Roberto: Prazer? Risossss.....
-Léo: O que foi Roberto?
- Roberto: Risossss...Não sei mais o que é isto.
-Léo: Risossss...Você sempre discretamente ilário. Mas vamos ao que interessa. Chamamos você aqui para discutirmos um assunto delicado em nossa cidade: a política ourense. Que rumo esta política tomará Roberto?
- Roberto: Primeiramente queria dizer que Ouros é uma cidade riquíssima e que os políticos não valorizam a inteligência e sabedoria da população. Eu mesmo deixei de valorizá-los muito em meu mandato.
- Léo: Como assim?
- Roberto: Empolguei -me bastante em realizar bailes e quebras molas e deixei um pouco de lado a essência do verdadeiro ourense.
- Léo: é! realmente....A banda Tara marcou muito Conceichon.
- Roberto: Então, esta banda mesmo me deu muito trabalho. Munido de um dingon inesquecível ( Roberto Rosa é bola para frente) e influenciado pelos meus assessores ( Regina do Airton e Lena Rosa) transformei os carnavais em marca principal do meu mandato.
- Léo: Mas você não está exagerando?
- Roberto: Acho que não. A banda Tara trouxe alegrias, mas marcou muito a cidade. Vou exemplificar: A banda foi responsável pela insistência da Renata do daniel em ganhar troféu de foliã mais animada; ela foi responsável pela vinda exagera da Turma do LENGALENGA que ate´hoje insistem em aparacer pora aqui; além de ser inspiradora do surgimento da Turma do agito, dos Loucos, Adrenalina, 100% etc
- Léo: Mas isto não é bom?
- Roberto: Pode ate´ser, mas "bola para frente" não quer dizer "farra para frente". Sou lembrado apenas pelos quebras molas e pelos carnavais e bailes. Isto sem contar a banda Conexão. Mardita hora que trouxe esta banda. Por causa dela e de suas dançarinas o Marcelinho do Alcindor criminalmente roubou até a bicicleta amarela da minha sobrinha marisa da Zenaide.
- Léo: Estou te achando pessimista. Algo de bom foi realizado em seu mandato.
- Roberto: Sim, teve também os carnavais, os quebra mola, a banda Conexão, etc
- Léo: Risosssssssssss
- Roberto: O que foi? Porque ri?
- Léo: Nada não. Apenas lembrei das dançarinas da banda Conexão.
- Roberto: Você pegou também?
- Léo; Porque também? Eh Robertão....!!!!!
- Roberto: Olha o respeito moleque!
- Léo: Mudando de assunto. O que você acha que precisaria na política de Ouros?
- Roberto: Acho que uma revolução rápida e radical seria aúnica solução. E isto deveria começar pela escolha dos candidatos.
- Léo: Como assim?
- Roberto: Ouros precisa de gente nova e de dingon como o meu. Vou dar exemplos. Que tal: "Em 2008 Vote Páris e Pó, menos pó e mais dó", ou " Seja radical, 2008 Dito da Tê e Pelal", ou ainda " Dúvida para quê em 2008? João da Farmácia e Eduardo Biscoito".
- Léo: Isto daria certo?
- Roberto: Se daria certo não sei, mas "quem naõ tem dinheito inventa história".
- Léo: Muito obrigado pela participação e um grande abraço
- Roberto : Eu que agradeço. Obrigado

Música de encerramento: "Em 93 vai ser diferente Roberto Rosa é bola para frente. Roberto e Genésio a dupla coração, para a cidade é a solução. Muita honestidade, trabalho e descência...Roberto Rosa é bola para frente"

Glauco Viana - o poeta

Qual é o melhor tira-gosto pra pinga?

1. "Tumatinho" picadinho na hora!
2. "Roizinho" grundento "cum" "nhame".
3. Caldo Knorr "cum" pão.(quarqué sabor)
4. Mistinho picadinho quadradinho igual do Pelau.
5. Carne do Edifício Joelma.
6. Costelinha no Claudinei.(não sei se é com y)
7. Sal com limão.
8. Caldinho de frango caipira.
9. "Torremo" com prestobarba.
10. Foda-se, não preciso de tira-gosto!

quinta-feira, 12 de julho de 2007

Novidades!!!

Não percam!!! Em breve teremos novidades!!! Várias sagas, entrevistas, vídeos, pérolas, fotos, acontecimentos, etc. Muita alegria e homenagens inesquecíveis!!!

Estive no Zoro durante uma semana. Pude perceber que este blog está sendo interpretado de uma maneira errônea por algumas pessoas. Não é minha intenção, nem dos outros autores, menosprezar, humilhar, diminuir, tirar sarro pejorativo, denegrir, difamar, enlouquecer, traficar influência, escandalizar ou mostrar que de alguma maneira somos superiores. Nossa intenção é trazer um pouco de alegria ao Povu du Zoro, tão machucado pelos últimos acontecimentos.

Minha decisão era tirar o blog do ar, mas fui convencido por alguns amigos e leitores a continuar. Ainda estou em dúvida, mas vou dar mais um tempo para ver o que acontece. Caso alguém queira se manifestar, por favor, façam-no através dos comentários.

POR FAVOR, SE ALGUÉM SE SENTIR OFENDIDO DE ALGUMA MANEIRA, ENTRE EM CONTATO COMIGO. VOCÊ SERÁ PRONTAMENTE ATENDIDO!!!

terça-feira, 3 de julho de 2007

ZORO AO VIVO!!!

Este humilde extraterrestre que vos fala diretamente do Zoro, permanecerá atento aos acontecimentos e divulgará tudo, assim que possível.
Uma notícia que não pode passar em branco é o PT trabalhando de servente. É isso aí PT!

Tivemos o prazer de conversar um pouco com ele:
-PT, como você está se sentindo nesta nova empreitada?
-Sei lá, é difícil quando a gente não leva jeito pra coisa.
-Como assim? Você se refere ao trabalho em si?
-Estou dando o máximo de mim, mas ainda não sei o nome do meu mestre, o pedreiro. Também não tenho muita habilidade com a pá, enxada e outras ferramentas. Também não sabia que temos de misturar areia e cimento para fazer a massa, muito menos sabia que tinha de colocar água!
-Você está animado? Confiante?
-Acho que tudo vai dar certo, assim que eu me enturmar mais com meu mestre. Espero poder trabalhar em obras mais ousadas, como a construção de uma ponte.
-Você tem alguém que serve de inspiração?
-Sempre escuto aquela música do Zé Ramalho, Cidadão: "Tá vendo aquele edifício moço?...". Também procuro me espelhar no Gão, que para mim é um ídolo!
-É isso aí PT! Breve você poderá ter sua própria construtora!
-Se Deus quiser!

quinta-feira, 28 de junho de 2007

AMIGO

"Um amigo é fruto de uma escolha, é uma opção de amor. É a descoberta de alma irmã, é a consciência clara e permanente de algo sublime que não está na natureza das coisas perecíveis. É um tesouro sem preço, um gostar sem distância de alguém presente em nosso caminho, nas horas de dúvida, de alegria, de sofrimento. É algo valioso demais para ser desconsiderado, grande demais para ser perdido..."

Regras de Sobrevivência

1-Promova a Paz e o Amor...Tenho certeza que você precisará disto para ser feliz.
2-Amem seus familiares o máximo possível...Eles podem ser as únicas pessoas que têm.
3-Tenham poucos e bons amigos...Ideologia de mais atrapalha.
4-Trabalhe por amor, não por dinheiro...Dinheiro é conseqüência, amor essência.
5-Case-se com uma boa pessoa, não com uma pessoa boa...A casca apodrece primeiro que o sumo.
6-Não acredite em políticos...Eles nunca acreditaram em nós.
7-Não acredite em bancos...Eles são os piores agiotas.
8-Cuide de seu nome...Ele também pode ser a única coisa que têm.
9-Não acredite em pessoas, acredite no CRIADOR...As pessoas são suscetíveis á erros e nem sempre estamos preparados para perdoá-los.
10-Cuide da sua saúde mental e física...Você também precisará disto.
11- Não doe dinheiro, doe amor...Dinheiro acaba, amor fica.
12- Não se preocupe com luxo...O titanic afundou e a Arca de Nóe vingou.
13- Não faça maldade..."Aqui se faz, aqui se paga": este é a grande verdade da vida.
14- Estude e procure sempre aprender...Você tem poucos dias de vida!

E o mais importante:
16- Sorria sempre...Se precisar de uma força procure-me...Sou dentista.
Dr.Glauco Viana.

Páris e Karina - O casal poesia

Acorda amor, hoje estou com dor. ( disse o Páris )-Dor? Só se for de consciência. Levante logo, estou sem paciência. ( disse a Karina )-Vá caga. Vá logo trabalha!-Larga do meu pé chulé. Tira esta bunda daí Seu Mané..... Vou fazer café.-Café não. Tira este pijama de menina, vá à casa da Nina, pega laranja lima e faz um suco com tangerina.-Forgado! Além de tarado pensa que sou seu empregado. Tó indo trabalhar. Pelo menos faça o jantar.-Vá logo! A Mara ainda não acordou. Sua filha esta noite muito chorou.-Tchiau! Acorda pro mundo vagabundo.-E ai paixão, muita ralação?- Você não sabe o que aconteceu.-Oque? Alguém te ofendeu?-Não. O Reitor só porque é doutor me deu uma flor e me chamou de amor.-Que descarado! Que tarado!-E tem mais! Ele veio atrás, me disse que você não é capaz e nem me satisfaz.-Pô não acredito! Que metido! Atrevido! Merece um tiro no ouvido.-Mas o pior está por vim. Ele disse que está super afim, vai dar um apartamento para mim e que eu vou ser manequim.-Que horror! Agora eu mato aquele doutor. Ele vai chorar de dor.-Mas ainda não falei. Eu aceitei e ele beijei.-Na boca? Você é louca?-Não! Foi no rosto, mas só isto. Ele é muito esquisito. Nosso amor é infinito, e você é mais bonito.-Ninguém viu mas você me traiu.-Traiu? Que traiu? É mentirinha. Hoje é primeiro de abril. HAHAHAHAHAHAH-Nossa que viagem. Você só fala bobagem!! Vamos logo jantar, senão meu estômago vai suicidar.-Vamos comer já, senão vem gente "filá".-Hoje acho que não. Minha mãe foi na oração e meus irmãos já comeram macarrão.-Beleza! Mas se chegar alguém de surpresa?-Aí fudeu. Só comprei o que dinheiro deu.-E se a Katiany aparecer. Ela adora meu sufler.-O pior é o Juninho. Ele vem devagarinho, com cara de coitadinho, mas come todo salgadinho.-E a Cíntia que come mas que uma índia.!-Nossa ! Se trazer o Sal vai acabar todo bacalhau.- E o Batista? Quando vem traz a Bet, a Geise e o Pó dentista.-Mas o mais comilão é o Maurinho. Aquele dia ele comeu todo esquentadinho, vomitou no tanquinho e deu o osso para o cachorro do vizinho.-Verdade! Nossos amigos só apronta. Mas pelo menos ganhamos um microonda.-Eaí amor. Estou afim de relaxar. O que vamos fazer depois do jantar?-Ué. Transar.-Mas que falta de pudor. é fazer amor.-Que isto? Agora somos casado. Pelo menos não transo cagado.-É verdade. Aquela foi foda, você cagar na roda.-Mas depois teve recompensa, foi uma noite muita intensa.-É! tirando o mau cheiro até que foi maneiro.-Maneiro?. Aquele dia é que resolvi casar. Você não parava de abrir e eu de armar.-Para Páris! Vamos dar um jeito na vida. Eu arrumo a cama e você pega a bebida.-Que bebida? Você está muita atrevida.--Hoje a noite promete! Vou virar uma Chacret, e imitarei a Grety.- E eu vou ser o Chacrinha. Para começar vou vestir a roupa de oncinha.- Não! De oncinha não. Pega a fantasia de Batmam do seu irmão.-Está bom. Então vem na minha Batcaverna que vou morder toda sua perna.-Que falta de originalidade. Hoje quero um homem de verdade.-Porque está reclamando? Eu vivo te amando.-Desculpe. Não me leve a mal. Hoje não quero um amor animal. Quero uma noite especial.-Então vamos fazer diferente. Vou ser mais irreverente. Vai atrás da porta e finge de morta.-Que legal. Parece original.!! E depois o que vai acontecer com nós dois?-Com você eu não sei, eu vou dormi porque já cansei. Esta frescura me tortura.-Frescura? Queria apenas fazer uma loucura.-Você está assistindo muito novela. Já que quer ser a Gabriela, cravo e canela.- Gabriela é muito careta. Prefiro ser a Tieta.-Acorda Karina. Você está mais para Viuva Porcina.-É que estou em alta! E você ? Não chega aos´pés nem do Senhozinho Malta.-Não foi o que disse ontem para mim, quando me chamou de Fernando Amorim.-E hoje você está regulando. Tá mais fruta que o Victor Fasano.-Não me irrta. Vou te amarrar igual uma cabrita.-Então vem nenem. Vem ser meu bode e mostra que você pode.-Vou te pegar. Você não vai aguentar.-Então vem. Vamos brincar de esconde-esconde, você me acha e me beija de monte.-Te peguei. Você vai ver quem é gay.-Ah gordão! te amo de montão.-Ah cabritinha! Você é a mulher mais linda e é só minha.-É lógico meu amor. E vê se amanhã não acorda com dor.-Tudo bem! E você vai tirar este pijama de menina e fazer suco de tangerina?-Ah seu forgado tarado!-Ah minha Gabriela, minha Tieta. Você é a mulher mais bela e singela.-Singela?-Foi só para rimar.-Rimar com quê?-Rimar com cagar! HAHAHAHA Boa noite! Meu estômago não aceitou o macarrão, vou dar um cagâo!!!

sábado, 23 de junho de 2007

Você sabia que o PT já foi maior que eu?

Pra quem não acredita:
O PT já foi maior que eu...
O PT já foi mais gordo que eu...
O PT já teve a cabeça maior que a minha...
O PT já foi mais saudável...
O PT já teve lombriga...
O PT ainda tem esta cueca amarela...
O PT ainda tem as pernas tortas...
O PT não fumava nesta época...
O PT não bebia nesta época...
O PT foi achado no bosteiro nesta época...

Tenho muito mais a revelar sobre ele...

Melô do Mal da Vaca Louca

Se a sua sogra acordou de bom humor,
Deu um sorriso
E até dinheiro te emprestou.
Se ela falou bem de você na vizinhança,
Deu beijinho nas crianças,
Seu fusquinha ela empurrou... prá pegar.

Se a jararaca pediu pra "fia"
Te tratar bem,
Não amarrar mixaria,
Repare bem se a "véia" tá babando...
Se arregalar o "zóio"...
O bicho tá pegando!

Não pense mais dê-lhe um tiro na boca!
É mal da vaca louca
Tem que sacrificar!!!

sexta-feira, 22 de junho de 2007

Qual é a música?

A vida é muito engraçada. Não importa onde nós estivermos, sempre teremos o mesmo caráter. Caráter não muda. Personalidade muda.
Mudei muito nestes últimos anos. Aprendi muito. Meu caráter não mudou, mas minha personalidade já não é a mesma.

terça-feira, 19 de junho de 2007

FILOSOFANDO O PODER DIVINO

Primeiro responda-me uma pergunta: Você acredita em Deus?
Agora mais uma pergunta: Você acredita nos mandamentos e na Bíblia?
Então se a resposta é sim, algo de errado está ocorrendo. Se acredita no poder divino e também na Bíblia o que você está fazendo para tornar fé em obra?
Acredito que Deus seja sim uma força responsável pela criação do mundo e pela evolução da espécie. Acho que Deus não tem nada a ver com religião, mas também respeito e tento exerce meu papel de cristão. O que não consigo entender é esta falsa fé sem obra.
Deus construi o céu, a terra, o mar etc....Não concordam?
Deus nos deu inteligência, saúde, amigos e família etc....Não concordam?
Se concordam porquê o mundo foi entregue ás injustiças, maldades e guerras?
O texto pode ser confuso, mas não desconsidere. Se praticar o amor dá mais prazer que partcipar de uma guerra, porquê o mundo vive numa guerra moral, sentimental e material?
O que nós estamos fazendo para mudar isto, se realmente acreditamos em Deus?
A Bíblia diz que "amar ao próximo como a si mesmo" é um dos principais princípios de fé, mas notamos atualmente que mesmo as pessoas fiéis são infiéis. A fidelidade moral fica apenas dentro de templos e igrejas, pois aqui fora muitos roubam, matam, brigam, traem etc. – Que forma estranha de amar Deus, não acham?
Responda-me agora outras perguntas: Você disse bom dia para seu vizinho hoje? – Você abraçou sua esposa hoje? – Você disse algo como TE AMO para alguém hoje ou esta semana?
Cara se nenhuma destas respostas for verdadeira porquê você disse para todo mundo que acredita em Deus?
"Se na sua própria casa ou vizinhança não há nenhum vestígio do seu amor pelo próximo, não terá como reclamar uma possível mudança da espécie humana levando em consideração os princípios divinos."
PENSEM NISTO!
GLAUCO VIANA
Publicado em 12/2004

O CHIFRE POÉTICO

Graziela bela singela queria alegria e companhia apaixonada se amada e casada com o safado tarado e desajeitado Dado.
O desejo almejado conquistado e rezado veio meio feio, pois o escolhido marido atrevido era o Dado alucinado encabulado e desejado pela galinha da vizinha Luizinha.
A jovem do bem também sonhava e buscava inconformada o companheiro primeiro e derradeiro para que tentação fosse ilusão não paixão.
Decidida destemida foi na corrida investigando sondando e ameaçando aquela magrela banguela.
Seu amado atentado Dado com alegria ia todo o dia ao encontro marcado ao lado sem decência e inteligência na outra residência.
Anos, planos e enganos nos panos encerrou assustou e ficou na ilusória memória diante da glória da solução dada à situação.
A desonrada enrolada foi armada com rancor, dor e pavor resolver interromper o nascer da paixão assombração.
Com um tiro tirou a vida prostituída e perdida do seu tarado amado e enrolado Dado.
Agora embora sozinha tinha apenas a vizinha. Seu esposo formoso e gostoso assassinado e imaginado arruinado chegou, ficou e deixou Graziela bela e singela e a vizinha galinha Luizinha.

O POETA

LULA COM DOR DE DENTE

LULA COM DOR DE DENTE
Num dia normal
Num dia que não acontece nada de diferente
Aparece no meu consultório
O presidente Lula com dor de dente
Minha primeira reação foi de surpresa
Será que eu estava tão importante?
Não!...Era apenas coincidência
Seu carro quebrou na Avenida Bandeirante.
Ele se sentou e disse:
Companheiro arranca logo este dente!
Muito trémulo e derrubando tudo, pensei:
Hoje eu vingo do presidente!
Aquela cena me deu alegria
O presidente de boca aberta e assustado
Eu poderia me vingar
Mais preferi trabalhar sossegado
Preparei o carpule
E logo fui dando anestesia
- Está doendo presidente?
De boca aberta eu via que ele sofria...
Neste momento não contive
E comecei a falar
Eu sei que dói presidente...
...Mas dói mais o imposto que seu governo me obriga a pagar
Seus olhos parecem que pulavam de raiva
E eu de propósito peguei outro anestésico
Ele assustado me disse: quer me torturar?
Muito cínico respondi:
- Que nada! Este é pela inflação que vai aumentar.
O presidente queria embora
Eu estava deixando-o abismado
Mas eu não poderia permitir
Tinha ainda o assunto do presidente do Senado.
Calma Ilustre Presidente, eu disse...
A anestesia está fazendo efeito
- Quer que eu chame o Palocci?
Quem sabe ele dá um jeito.
- O Palocci não, ele respondeu.
Chame logo o José Dirceu!
É lógico que não chamei
E com o fórceps continuei a cirurgia
Ao mesmo tempo cutucava-o:
- E ai Lula a CPI dos corruptos vai acabar em que dia?
O dente saiu
E Lula respirou aliviado
Mas eu queria falar mais
Afinal de contas o Brasil está afundado
Demorei um pouco para dar a sutura
E neste tempo insisti com o presidente
- Lula me responde uma coisa:
O PT ainda vai enganar a gente?
Como já sabia a resposta
Enchi sua boca de gazes e algodão
E só para finalizar, perguntei:
Lula quando vai acabar a corrupção?
A cirurgia foi um sucesso
E Lula se levantou da cadeira
Muito cara de pau não perguntou o preço
E foi saindo pela rabeira
Entrei na sua frente, e gritei:
"Meu nome é Glauco, sou dentista, brasileiro, eu amo meu Brasil"
E você vai ter que me pagar
A consulta ficou mais de mil
"Mas esta muito caro, disse Lula".
É que a situação está difícil, respondi.
Um terço deste dinheiro vai para o imposto
Que seu governo vai me estorquir
"Tem mais seu presidente"
Deste dinheiro que vai me pagar
Tenho que acertar o aluguel atrasado
E o material odontológico este mês vai aumentar
Lula concordou e me pagou
Não tinha outra solução!
Meu consultório não é o Brasil
E também nem recebo o mensalão
Eu sei que cobrei caro
Mil e duzentos não era o preço
Mas era o presidente Lula
E por ser brasileiro e não desistir nunca, eu mereço!

Glauco Viana
Publicado em 06/2005

segunda-feira, 18 de junho de 2007

Pudera eu ter o dom de um poeta ou de um músico... para poder colocar em verso e melodia o sentimento de uma amizade. Amigo ocupa mais espaço do que somente o lado esquerdo do peito... amigo é aquele com quem choro... é aquele com quem sorrio... é aquele com quem exploro riachos e cachoeiras dentro de mim. Amigo é um só. Não importa se tenho um ou cem. Cada um... em cada momento... É especial...é único,é vital... Amigo não se escolhe... Não se "pede"ninguém em amizade... Ela existe ou não... Sem tempo pré determinado... sem prazo pra iniciar. Amizade é sentimento...é afeto,amor, respeito... veracidade,troca,carinho, cumplicidade...É um beijo...um abraço...

domingo, 17 de junho de 2007

Chega de tristeza!!!

Sei que está sendo um momento difícil para meus amigos. Mas não podemos evitar que a vida continue. Assim como, não podemos evitar que ela acabe. CHEGA DE TRISTEZA!!!
Sou solidário, amo meus amigos, estou à disposição. Mas, este blog não foi gerado para comportar tamanha tristeza. Foi para que possamos compartilhar nossas experiências.
Àqueles que ficam, força e fé. Àqueles que se foram, olhem por nós!
Vamos nos expressar de forma que a alegria sempre prevaleça!

sábado, 16 de junho de 2007

A GENTE PODE

A gente pode,
morar numa casa mais ou menos,
numa rua mais ou menos,
numa cidade mais ou menos,
e ate ter m governo mais ou menos,
A gente pode,
dormir numa cama mais ou menos,
comer um feijão mais ou menos,
ter um transporte mais ou menos,
e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro,
A gente pode,
olhar em volta e sentir que tudo esta mais ou menos,

tudo bem...

O que a gente não pode
mesmo, nunca, de jeito nenhum,
é amar mais ou menos,
é sonhar mais ou menos,
é ser amigo mais ou menos,
é amar mais ou menos,
é ter fé mais ou menos,
é acreditar mais ou menos.

Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa
" mais ou menos "

Chico Xavier

Nenhum Homem

Nenhum homem deve ser arrogante ao ponto de se achar superior. Não vivemos sozinhos. Pereceríamos facilmente. Aniquilados, extintos pela soberba de ser.
Nenhum homem vai se arrepender, de fato, pelos tropeços que deu na vida. Mas sim, de não ter dedicado tempo suficiente à sua família e amigos. De nada adiantará lamentações.
Nenhum homem jamais sentirá rancor, se a vaidade for vencida pela solidariedade. Chega de ressentimentos. Chega de tortura para com a alma.


sempre serei solidário com os amigos: força EFA e Poeta!

domingo, 10 de junho de 2007

LÉO

Meu amigo, não sei quem se foi, mais com certeza deve ter sido alguem importante pra voce, certa vez tambem perdi alguem importante e recebi um texto que me ajudou muito, espero que te ajude tambem
um abraço e conte sempre comigo

A MORTE

O homem não nasce para morrer mas morre pra viver eternamente. A morte nasce e vive conosco e morrer é libertar-se para sempre da presença incomoda da morte.Morrer é começar verdadeiramente a viver. A morte é um ato de supremo amor de Deus para conosco. Deus tanto nos ama que nos leva para junto de si a fim de fazer-nos participantes de sua felicidade eterna. Morrer é passar para condições melhores de vida, é libertar-se de todas as limitações para expandir-se na plenitude do amor sem a menor presença de egoísmo. Das trevas da morte surge o resplendor da eterna vida. Desabrochamos para plenitude da vida assim como o botão se abre para plenitude da flor. Para os justos a morte é um premio, viver de tal forma que possamos morrer sorrindo embora os outros fiquem chorando de saudade.

( Frei Anselmo Fracasso)

Luto

Estou profundamente triste. Não tenho palavras que expressem a minha dor. Mais um amigo se foi. Mas com certeza ele estará olhando por nós. Quanto à família que fica, só posso dizer que sempre farei tudo o que puder para confortá-los nessa perda irreparável.

Que Deus nos abençoe.

SENTIDO DA VIDA

" Eu acho que o verdadeiro ciclo da vida está todo de trás para frente. Nós deveriamos morrer primeiro, nos livrar logo disso. Daí viver num asilo, até ser chutado de lá por estar muito novo. Ganhar um relógio de ouro e ir trabalhar. Então trabalhar 40 anos até ficar jovem o bastante para poder aproveitar sua aponsetadoria. Aí você curte tudo, bebe bastante álcool, faz festas e se prepara para a faculdade. Você vai para o colégio, tem vários(as) namorados(as), vira criança, não tem nenhuma responsabilidade, se torna um bebezinho de colo, volta ao útero da mãe, passa seus últimos 9 meses de vida flutuando... e termina tudo com um prazer! Não seria perfeito??"


Charles Chaplin

MEDO DA MORTE

"Vivemos, sofremos, morremos..." Os mais incrédulos acreditam nisto. Os mais otimistas vêem a morte com um reinício. Eu, já concordo com Willian Shakespeare quando escreve que "devemos deixar as pessoas que amamos da melhor maneira possível, pode ser a última vez que a vemos..."
Sabemos que tudo que vive morre. Não estamos sozinhos. As plantas morrem , os bichos morrem, os rios...Até os vírus e bactérias morrem.
A morte vem do ser humano da mesma forma que o medo vem do ser humano. Talvez uma não sobreveria sem a outra. A morte não teria graça se não tivéssemos medo dela.
Seja otimista ou pessimista, o que não podemos é ser entregues a algo desconhecido.
Se hoje o pai de um amigo morreu, amanhã o pai ou a mãe de um conhecido também irá morrer. Ista faz parte de um ciclo. De uma corrente que não pode ser arrebentada. A morte é mais concreto que a fé, que o amor, que a amizade...E o medo é o sentimento que move o mundo, porque a coragem é burra e inútil num mundo de arma de fogo.
Tudo muda e deve mudar, até o sentido da morte e sua relação com o medo.
Pode ser positivo ou negativo, o que não posso é se jogar neste egoísmo moderno e pensar em ter medo da morte...Se têm coisas mais interessantes a fazer.

Faça como Skakespeare...deixe as pessoas que amam com amor, pode ser a última vez que está vendo-as.

O POETA