quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Feliz Natal e um 2010 repleto de alegria!!!

Este ano batemos recordes de acesso (mais de 200.000!!!!) e recorde de postagens (mais de 100!!!).

Obrigado aos leitores e aos autores que fizeram de 2009 um ano ímpar (com o perdão do trocadilho...) para o Blog Du Povu Du Zoro!!!

2010 vai ser ainda melhor!!! Muitas novidades!!! Continuem nos acompanhando!!!

Abraços!

Leo

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Saúde bucal: "Segredos Que o Seu Dentista Jamais Diria a Você"

Você usa o fio dental com a mesma frequência com que troca de colchão? Passa mais tempo pondo pasta na escova do que escovando os dentes? Dentistas percebem essas coisas. E também sabem de antemão quando você insiste em pedir um tratamento cujo resultado final não vai ser o que você esperava. 27 dentistas de todo o país nos contam agora o que realmente pensam quando examinam os nossos dentes. O que saiu da boca desses profissionais, notem ,vai mudar o modo como você trata a sua.

São 50 mas aqui vai aguns bem curiosos:

1º-Ninguém entende!

>> Algumas pessoas muito instruídas acham que, se nada na boca dói, tudo vai bem. O colesterol alto também não dói, mas é um baita problema. Acho que a população em geral não compreende que a boca faz parte do corpo.

Raul Feres Montealto Filho, cirurgião-dentista, Niterói (RJ)

2º->> Se suas mãos sangrarem na hora de lavar, você corre para o médico. Mas, se o mesmo ocorrer na gengiva, a maioria das pessoas acha normal. A menos que se esteja forçando demais a escovação, gengiva sangrando é doença periodontal e ponto final.

Edgard Belladonna, cirurgião-dentista, Niterói (RJ)

3º- >> A quem me pergunta se é necessário passar o fio dental em todos os dentes, eu costumo responder que não. Só devemos passar o fio dental nos dentes que queremos conservar!

Sarina Maliki, cirurgiã-dentista, Rio de Janeiro (RJ)

4º->> Quando conhecemos alguém, a primeira coisa que notamos são os olhos. A segunda são os dentes e a terceira é o cabelo. Mas todos gastam muito mais dinheiro com o cabelo do que com os dentes. Parece haver uma inversão de valores quanto à saúde bucal.

Luciana Blanco


5º->> Existem pessoas que deixam a escova destampada sobre a pia. Mas, ao darem descarga, estão contaminando a escova com coliformes fecais. O ideal é guardá-la no armário ou na gaveta, ou usar um protetor. Se ficar exposta, faça a higienização colocando a escova de molho em solução com clorexidina.

Fernanda Oliveira de Paula

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Lugares pra conhecer antes de morrer.


Camaçari/ BA Praia de Jauá litoral norte.








Andaraí /BA Chapada Diamantina

Lençois /BA Chapada Diamantina. Vida simples mas feliz!






Sabedoria Prática


Um velho avô disse ao neto, que veio a ele com raiva de um amigo que lhe havia feito uma injustiça:

- Deixe-me contar uma história. Eu mesmo, algumas vezes, senti grande ódio por aqueles que aprontraram tanto comigo, sem qualquer arrependimento. Todavia, o ódio corrói você, mas não fere seu inimigo. É o mesmo que tomar veneno, desejando que seu inimigo morra. Lutei muitas vezes contra estes sentimentos.

O avô continuou:


- É como se existissem dois lobos dentro de mim. Um deles é bom e não magoa. Ele vive em harmonia com todos ao seu redor e não se ofende quando não se teve intenção de ofender. Ele só lutará quando for certo fazer isto, e da maneira correta. Mas o outro lobo, ah! Este é cheio de raiva. Mesmo as pequeninas coisas o lançam num ataque de ira! Ele briga com todos, o tempo todo, sem qualquer motivo. Ele não pode pensar, porque sua raiva e seu ódio são muito grandes. É uma raiva inútil, pois ela não irá mudar coisa alguma.


E concluiu:


- Algumas vezes é difícil conviver com estes dois lobos dentro de mim, pois ambos tentam dominar meu espírito.


O garoto olhou intensamente nos olhos do avô e perguntou:


- Qual deles vence, vovô?

O avô sorriu e respondeu baixinho:


- Aquele que eu alimento mais!





E você?

Qual dos lobos tem alimentado mais?

domingo, 20 de dezembro de 2009

sábado, 19 de dezembro de 2009

Veja só que matemática interessante

Maio de 2009, numa cidade litorânea do RS, muito frio e mar agitado, a cidade parece deserta.

Os habitantes, endividados e vivendo as custas de crédito.

Por sorte chega um gringo rico e entra num pequeno hotel.

O mesmo saca uma nota de R$ 100,00, põe no balcão e pede para ver um quarto.

Enquanto o gringo vê o quarto, o gerente do hotel sai correndo com a nota de R$ 100,00 e vai até o açougue pagar suas dívidas com o

açougueiro.

Este, pega a nota e vai até um criador de suínos a quem deve e paga tudo.

O criador, por sua vez, pega também a nota e corre ao veterinário liquidar sua dívida.

O veterinário, com a nota em mãos, vai até a zona pagar o que devia a uma prostituta (em tempos de crise essa classe também trabalha a

crédito).

A prostituta sai com o dinheiro em direção ao hotel, lugar onde, as vezes, levava seus clientes e que ultimamente não havia pago pelas

acomodações, e paga a conta.

Nesse momento, o gringo chega novamente ao balcão, pede a nota de volta, agradece mas diz não ser o que esperava e sai do hotel e da

cidade.

Ninguém ganhou nenhum vintém, porém agora toda a cidade vive sem dívidas e começa a ver o futuro com confiança!



Moral da história: Quando o dinheiro circula, não há crise!

sábado, 12 de dezembro de 2009

NEURÔNIOS MASCULINOS

No cérebro de um homem havia um neurônio sozinho. Um dia, um outro neurônio passa por lá meio apressado.

O neurônio solitário diz:

- Olá! Tudo bem? Como vai? Prazer em vê-lo! Vamos conversar!

O neurônio que passeava pelo cérebro estranha a hospitalidade e responde:

- Olá, companheiro! Posso saber o motivo de tanta felicidade ao me ver?

- Quer saber? Você é o primeiro neurônio que vejo passar por aqui depois de décadas... estou sozinho há tanto tempo nesse maldito

cérebro...

- Mas espera aí... há quanto tempo você está aqui solitário?

- Bem.... desde sempre... sempre estive aqui...

- Cara, mas você é burro mesmo! Desce pro pinto... Tá todo mundo lá!

domingo, 6 de dezembro de 2009

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Vai com Deus... amigo!



Mais uma vez, infelizmente, estamos de luto.

Mais que um grande colaborador e leitor assíduo deste blog, Arialdo sempre foi um parceiro de grandes aventuras, risadas, churrascos, etc...

Sentiremos muito sua falta, mas sempre estará presente em nossos corações.