quinta-feira, 31 de março de 2011





AS MÁS LINGUAS FALAM DE MIM…..

AS BOAS ME CHUPAM......KKKKKKKKKKKKKKKKK

quarta-feira, 30 de março de 2011

Reflexão

"Passamos nossa vida sacrificando a nossa saúde para ganharmos dinheiro. Depois gastamos todo o dinheiro para tentar recuperar a saúde."

Você já dibuiou hoje?

terça-feira, 29 de março de 2011

Mensagem recebida

A vida é bacana…
…Não seja sacana
Só leve para cama, quem você ama...

Não seja bestinha...
...use camisinha
E tem um porem, não faca nenen...

Transar é arte, gozar faz parte
Engravidar é moda, assumir é foda....


SMS mandado pela Zaquielly.....

Sal, doces,Flávias e flores


“ Vivemos esperando dias melhores…dias te paz, dias a mais...dias que não deixaremos para traz”. A letra da musica do Jota Quest serve para refletir um “dia que não deixaremos para traz”, estou falando do casamento do Sal e da Flávia.
É sempre muito bom rever os amigos. Tudo em Ouros vira festa, principalmente quando houver festa. A diversão é garantida. Você se diverte desde do preparativos, como cortar o cabelo no Cowboy e ouvir suas anedotas, até depois da festa do casamento ouvindo o Elisson cantando suas paródias (a música VIRA VIRATOP está top).
Reencontrar o Caetano cada vez mais careca e parecido com o Jintan é muito bom e bem hilário.
Reencontrar a Rosaninha do Miltinho Parte 2 – A Missão, é muito mais hilário ainda.
O tempo passa para todo mundo mesmo. O Chinês está gordo e sua esposa não mais; o Gelton engordou; a Mariana do Paris está banguela; a Ciomara grávida e não pode beber (piririu!); o Guto já tem dois filhos; o Pó e o Batista querem o corpinho do Páris; a Daniela do Batista a Geise e a Camila ganharam mais uma parceira – a Marília; a Katiany não está mais brega; e eu, continuo dando entrevista sobre minha condição....


Como é bom reencontrar!


“ Dias de paz...”

Realmente um casamento com flores de alegrias, doces amizades, Sal e Flávias para ninguém por defeito.


Uma bela festa.....

A amizade verdadeira, sem maldade, descompromissada tem este poder de emocionar. O reencontro tem esta magia.


- Dona Manzuca cada vez mais jovem.
- Elaine do Gel merecidamente feliz.
- Genivaldo dançando como nunca, e agora esta assessorando o Leo do Zé Caneco.
- A Rose mãe do Maurinho virou filé mighnon.
- O topete do Ronaldo Ney continua intacto.
- A Larissa ainda com jeito de modelo, e o Clessio praticamente um auto-filosofo.
- O Eder do Lot está já com cara de casado – e muito bem, obrigado.

Muitos doces de amizades e flores de ternura....

Uma bela festa... “dias que não deixaremos para traz”

“Que o amor proprio seja capaz de trazer felicidade suficiente ao casal....” É O QUE DESEJA O POVU DU ZORO PARA SAL E FLÁVIA....


Glauco Viana

quinta-feira, 24 de março de 2011

BOM RECORDAR

Achei um poema muito engraçado que escrevi faz uns cinco anos. Muita gente que está no poema já se foi...Lembro-me da Dona Maria Olímpia e Do Baião comentando sobre este poema.

Só para relembrar:

LIBEROU GERAL NO ZORÃO!!!

Que bagunça esta cidade virou
LIBEROU GERAL!
trocaram todos os casais
na maior moral.

Casados ou solteiros
todos resolveram se revelar
largaram seus companheiros
para um novo amor desfrutar.

A LUCINDA largou do ZAQUEU
e ficou com o TARECO.
O ZAQUEU, muito nervoso
roubou a mulher do NENECO.

O NENECO, porém pegou a FATIMA DO ZÉ ADÃO
A TÔNIA largou o ALEXANDRE
e ficou com o BAIÃO.

O ALEXANDRE, revoltado pegou a CRISTINA
O TOBIAS foi na embalada
e largou da GUILHERMINA.

O LÓ para não ficar só
catou a mulher do PÓ.

Já o PÓ pegou a CLÁUDIA DO CARLÃO
O NET ficou com a ZETI
A CIDA MOTA com o TOTA
e a ROSARINHA largou do TATÃO.

A ISABEL largou do MERCI
e ficou com o DIDI.
O MERCI ficou com a NOELI...
...seu marido revoltado casou-se com a ROSELI.

A MABEL ficou com o MICHEL
O CARLOS RENATO com a filha do ZÉ MATOS
O DITO DA TÊ com a RENÊ
e a ZEZÉ com o TIÃO SAPÉ.

O ZITO ficou com a mulher do DITO
O CHINEIZINHO com a INEIZINHA
A DULCE DO GALLO com o ROBERTO ROSA
e o GONZAGA com a LENA ROSA.

O PÁRIS largou da KARINA
e foi morar na praia
a KARINA com raiva casou-se com o MACAIA.

A CIOMARA pegou o namorado da PAULA MARA
A MARIA CHUPIM pegou o filho do TONHO DO QUIM
A CECÍLIA DA BIBLIOTECA casou com o filho da DECA
e o DORGUINHA pegou a NATÁLIA DO LUQUINHA.

O AIRTON largou da REGINA e ficou com a CLAIR
A REGINA com muita dor casou com o CINDOR
A TEREZINHA, no início, quis fugir,
mas depois de um mês pegou o IVAIR.

O GUSTO muito injusto largou da BADA
O BETO MELANCIA, com muita alegria, casou-se com a TATA.

O DINO LOCO, muito louco, ficou com a FIA
A EDIVÂNIA, com muita manha, ficou com o ALFREDO BAGANHA.

A MARLENE pegou o marido da VALDENE
O ZEZÉ pegou a mulher do DEDÊ
A MARGARETH pegou o marido da ELIZABETH
Seu NOÉ pegou a mulher do LELÈ.

A ANGÉLICA largou a loja
e fugiu com o DMUR
A MINGA, bebeu umas pinga
e casou-se com o TONINHO SAUR.

A MARIA OLÍMPIA largou o marido
e fugiu com o BATISTA
SOLANGE foi mais longe
e casou-se com o MARQUINHO DENTISTA.

O ZÉ MATOS largou a farmácia
e fugiu com a DITA LOPES
A ARETUZA, muito confusa
casou-se com o ZÉ LOPES.

A VÁ ficou com o NHANHÁ
A LURDE BUENO com o BRENO
A RENATA DO DANIEL com seu ABEL
e a NEIVA com seu MANUEL.

O DINEI ficou com a SIRLEY
O LUCIANO DA TÊ com a MARINA DO BENÊ
A KATIANY com o GEL DA ELAINE
e o TIÃO DA LOJA com a ROSELAINE.

O NEU chifrou o TADEU
O NINO chifrou o VARINO
A CRISTININHA chifrou a SÃOZINHA
e a VANDINHA chifrou a DONA TONINHA.

A MANZUCA ficou maluca e casou com o TUTA
O RONALDO DO ZÉ VIRÍCIO, de início, pegou a VIRGÍNIA DO MAURÍCIO
A LEANDRA, muito malandra, pegou o TIÃO DA VANDA
e a MARTA DO CARMELO casou-se com o marido da LANDA.


O JOÃO MARCOS largou da MAURICÉA
e ficou com a NÉIA
A MAYSA largou do ZÉ CHICO e ficou com o João do NICO
O RÔMULO largou da ROSANGELA e pegou a ÂNGELA
O DIEGO largou da mulher e ficou com a CRISTIANE
e o PETRÔNIO ficou com a VIVIANE.

Foi uma zorra total
a cidade estava toda alvoroçada
Ainda bem que acordei
Isto só foi um sonho, e mais nada!!

sábado, 19 de março de 2011

Cade nosso equilíbrio?

“Não sou do fim nem do inicio, sou do meio...” Quando algum futurista escreveu isto não imaginava como é difícil ficar no meio. Quando se pensou nisto pela primeira vez, com certeza o mundo se direcionava para o meio, para o equilíbrio. Hoje, tudo mudou. É mais fácil achar um japonês pelado procurando agulha no palheiro do que chegar ao meio, ao equilíbrio e a sensatez emocional...
O capitalismo bateu de frente com filosofias zens. Tio San briga com Buda até hoje. O Oriente exagerou na espiritualidade, mas não convenceu... O Ocidente exagerou no materialismo, mas sentiu falta de paz...
- Por que os monges não fazem compras em Dobai?
- Por que A Família Real não comem pão com mortadela?
O mundo se perdeu!
Os empresários não vêem a hora da aula de ioga acabar e os chineses estão loucos para ficarem ricos, custe poluição que custar.
O Oriente morre de inveja da riqueza dos Ocidente, e estes fazem vudú para religiosidade do Oriente...mas, mas, mas nem um dos dois sabem quem está certo – eles estão perdidos. Estamos perdidos!
O equilíbrio virou uma qualidade. Uma virtude – Tão impossível é alcançá-la.
Sessões de acunputura. Heike. Terapia dos cristais. Florais. Análise X Bolsa de Valores.Miami.Lojas de diamantes.Bacanais. A disputa é em vão...
Ninguém está certo. Ninguém sabe a verdade, simplesmente por ela não existir. O equilíbrio é muito mais vasto que esta disputa inútil. Sua imensidão se teve na intensidade do amor próprio juntamente na convicção que precisamos viver em harmonia.
Apenas Harmonia e Amor próprio.
Isto basta!
O equilíbrio, como o próprio nome diz, traduz espiritualmente paz e concretamente raciocínio.
Podemos ser zen, mas sem este papo de largar tudo e se mudar para São Tomé! Isto não é real...só a base de entorpecentes isto seria prazeroso.
Podemos querer crescer na vida, mas não há necessidade de prejudicar ninguém. Quando você faz mal a alguém, involuntariamente você sofre com isto. E sofrimento tira a harmonia. - Você foi desclassificado... A harmonia é o primeiro pré requisito para o equilíbrio.

Chega de blá blaá blaaá....

- Mas cadê então nosso equilíbrio?

- Por que é difícil chegar a ele?
SIMPLESMENTE pelo fato que estamos perdidos. Fomos iludidos por tudo que é tipo de instituições. Cegaram-nos. E tudo estava na ponta do nosso nariz. Bem no meio do nariz.
- Por que será que os churrascos dos empregados são mais animados do que dos patrões?
- Por que será que as pessoas que mais admiramos são as mais sensatas?
- Por que será que os consultórios de psicanalistas estão cheio de madames e porque os mendigos estão se matando cada vez mais?
Algumas pessoas já chegaram ao equilíbrio, sem mesmo saber o que é isto, mas chegaram...

E a maioria?

O que falta?




Glauco Viana.

quinta-feira, 17 de março de 2011

Como diz Juninho do Gonzaga para mim no telefone: O TRABALHO ENOBRESSE O HOMEM E A BICHA TAMBÉM…kkkkkkkkkkkkkkkk

domingo, 6 de março de 2011

Programa do Léo : Entrevista com Elton PT

Música de Abertura: " Eu bebo sim "

Aplausos...vários aplausos....

Léo: É com muito prazer que estamos aqui com o seu, o nosso e o meu programa. Queria agradecer a presença de todos, e agradeço também aos nossos patrocinadores : Bar do Rubinho ( "Venham conhecer a calçada da fama" ), Açougue do Danher ( primeiro açougeu com linguiça GLS), Seguradora Guaraguá ( do Betinha da Laire, Tuza, Laire, Tuza, Laire ), Bar do Jaime ( pasteis para capivaras e salameiros ), Academia do Rogério ( aquele que era magrinho ), Despachante Adriana (lembre-se que o atendimento fica ao lado, na loja do Chapéu), Pedreira Viana e Marlene e filhos, não na mesma ordem.....

= mais aplausos

Léo: Inicio hoje o programa lendo um poema mandado pelo nosso amigo Verdinho.

Poema: "O que é o amor?
Amor, sistematicamente nos arremeça para a dor.
Paulationamente significa pavor.
Filosoficamente um sentimento encravado em nossas entranhas que nos remete à loucuras eternamente sadias e sordidas invadindo e quebrando cercas da roça do Genor.
O que é o amor?
Lindo como a fazenda do Ditinho Doutor ou tem cheiro daquela flor que existia na praça antes que os bebados vomitassem com horror?
O que é o amor?............"

= Vaias, muitas vaias - Léo não terminou de ler o poema.

Léo: Please, the book on the taibon...Sorry, Sorry. Calma cambada de politiqueiros, já nao leio mais o poema.
Queria muito agradecer o Verdinho pelo envio de tão nobre escrita.

= vaias, mais vaias....

= Léo se irrita e entra no camarim para tomar um wisk com Verdinho. Verdinho já tinha bebida metade da garrafa, pois estava chateado com o fracasso do poema.

- Léo: Então vamos chamar nosso entrevistado de hoje. Vem para cá Elton.
- Elton: Fala ai maluco! Até que fim me chamou para esta merda de programa! Tomate cru veio! Amigos de tantas....e só agora me chama?
- Léo: Descupe-me. Mas única história interessante que você tinha era a origem do seu apelido PT.
- Elton: Pô, além de tudo tá me tirando? Deste jeito juto a barraca...uah!uah!uah!
- Léo: Sem mais, sem menos Elton, vamos falar sobre esta história do Chá do Zé Maria. Que troço louco é este amigo? Que papo é este de pedir autorização para derrubar o Major? O que anda bebendo? Formol?
- Elton: Então mano, estou revoltadissimo com minha família. Só vim descobrir o segredo da Família agora mesmo.
- Léo: Que segredo PT?
- Elton: Já faz uns três meses que ouvi minha mãe, Dona Lazara e Tia Zezé conversar sobre isto. Meu avô Zé Maria antes de morrer inventou um chá muito doido. Se a gestante tomasse este chá durante toda a gravidez seu filho nasceria lindo....
- Léo e platéia: hahahhahahahhahahhahahahha
- Elton: Pô veio! É sério!
-Léo: Pára garoto! Então sua mãe não tomou quando estava grávida de você.

= a platéia micha de rir...

- Léo: NOssa...Foi mal...Mas me conta direito isto.
- Elton: Então ouvi as três conversando sobre o assunto e fiquei sabendo de toda história. Dizem que a receita do chá ficou nas mãos do Tio Carlos. Quando minha mãe ficou grávida de mim ele teve muita inveja, pois a criança seria homem, e nao sei porque, ele se sentiu magoado. Como ele ainda era adolescente e muito vaidoso, não queria concorrência na família.Acho que foi isto que ele pensou.
Ele simplesmente não divulgou este chá para ninguém. Até então só ele sabia do segredo do chá.
- Léo: kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
= plateia: kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
- Elton: Se não pararem com as risaiadas vou embora.
- Léo: Desculpe caro amigo, mas que história ilária!
- Elton: Então. Descobri também que ele só fez umas dozes deste chá e o segredo ele escondeu embaixo da estátua do Major. Naquela época a pracinha da estátua estava em construção.
- Léo: Mas você acha que adianta pegar a receita do chá, você, macaco velho do jeito que está.
- Elton: Fio...Vai que eu tenha um filho. Minha esposa poderá tomar, e também posso ficar milionário com esta descoberta....Nossa, tô fudido!
- Léo: Que foi?
- Elton: Puts veio! Sou burro mesmo, agora todo mundo vai querer esta receita...Viu o que você fez? Eu não poderia falar isto aqui....Que buuoosssta!
- Léo: Agora já foi!! hahhahahhahah....Mas já que a merda está feita, desenrola!
- Elton : Então, parece que todo mundo da família tomou o chá. A tia Sônia, A Vãnia, a Walquiria, além da minha mãe...por isto a fiarada delas são tudo bonita.
- Léo: Mas e o Carlos Júnior? A Walquíria não tomou esta chá neh?
- Elton: hahahhahaha Agora quem ri sou eu. Parece que o Tio Carlos tinha tanta vontade de ter um filho lindo que exagerou na dose, por isto que a cabeça dele é tao grande....hahahhahaahh Bem feito !!!! hahahhahaha
Léo: kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
= platéia: kkkkkkkkkkkkkk
- Léo: Mas quanto a prefeitura? Será que ela vai permitir a procura desta receita?
- Elton: Ai que mora o perigo! A prefeitura concordou mas me pediu para assinar um termo autorizando minhas futuras filhas serem rainhas do polvilho.
-Léo: Você deve estar brincando!
- Elton: Ué Léo você ainda assusta com as artimanhas desta prefeitura?
- Léo: Verdade, no Zoro, politicamente falando, tudo é possível.
- Elton: Para você ver....mas acho que semana que vem já tenho esta receita em mãos.
- Léo: Caraca! Que história doida! Mas infelizmente nosso tempo está acabando e eu, só tenho a agradecer e desejar boa sorte com as rainhas do polvilho hahhahaha

- Elton: engracadinho!! Pô veio! Já é tarde, bora pru Tio Cráudio tomar umas.....!!!

= Platéia lacremejante de tanto rir aplaude....

Glauco Viana.
-

sábado, 5 de março de 2011

APLAUSOS E SAUDADES

video



“São poucos os momentos na vida que a gente curti com os amigos e estes momentos tem que ser eternos, pois cada um de vocês representam um pedacinho que está no meu coração. Apesar dos problemas que temos não há preço que pague vocês aqui em casa. Eu sou grato de coração...”


Rinaldo.

“Peça o que possa oferecer....”

Uma música diz isto, a humanidade esqueceu-se disto. Nosso egoísmo esqueceu isto. O transito dos nossos neurônios, a correria de nossos sentimentos e as tempestades do nosso ego só quer receber...receber muito mais que doar.
Quer respeito? RESPEITE
Quer amor? AME
Quer ganhar? DOE
Parece simples, lógico e claro, mas a prática mais uma vez se perdeu na teoria.
Hoje estamos freqüentando mais o PROCON que igrejas, os advogados estão ficando ricos e as instituições de caridades fechando as portas, a polícia trabalha mais que políticos, os relacionamentos viraram contratos de exigências registrados em cartórios... Uma onda de egoísmo paira sobre o ar. A vida se traduz em EU QUERO, mas NÃO POSSO DAR.
Tudo é reflexo da falta de silencio. Da falta de tempo para perceber que nunca chegaremos a lugar nenhum - nenhum tipo de crescimento - se nossa balança estiver desequilibrada. Se quiser algo, doe também. Se quiser amor, ame também. Tudo está descontrolado, até nos sexo percebemos este descompasso. Quantas mulheres são privadas de esperma e quantos homens transam todos os dias com geladeiras de batons?
É simples!
Tem que ser natural!
Devemos perceber isto logo!
Imagine um mundo de harmonia, onde se doa o pão e ganhe o café. Onde você pode dar o pão, mas se o vizinho do lado não tiver o café, o da frente te dará.
Imagine um mundo onde você não poderá reclamar da eficiência ou ineficiência da prefeitura, pois você não pagou imposto. “Quando eu pagar meus impostos em dia, eu reclamo”.
Não estamos fazendo nada para mudar isto. Exigimos muito além do que podemos contribuir. Pedimos presentes de Natal sem acreditarmos em Papai Noel. Exigimos decência nos puteiros. Brigamos no transito como IPVA atrasado. Estamos querendo demais...
Falta silencio. Pensamento. Lógica. Naturalidade. Compaixão. Respeito.
Tudo bem que o mundo está nos empurrando para o abismo egoísta formado pelo capitalismo mais egoísta ainda, mas somos donos do nosso nariz, e sabemos que a troca só é digna na honestidade. Quero algo? – Todos têm direitos, mas que seja algo que possa oferecer. Não peça amor se está com raiva. Não peça dinheiro se não é solidário. Não peça uma calca jeans se não tem nenhum moletom para doar. Não seja egoísta com seres que possam ensinar o que é o amor....
Não exigiremos o que nosso coração nunca possa oferecer!

Glauco Viana

quinta-feira, 3 de março de 2011